Ácido úrico elevado dieta

O ácido úrico elevado pode trazer várias complicações, mas pode ter seus riscos amenizados quando o paciente balanceia sua alimentação.

Alimentos reguladores do nível de ácido úricoA elevação de ácido úrico é uma das principais causas de várias complicações metabólicas do organismo, como a gota (forma de artrite mais dolorosa), tofo, nefrite e outras complicações de cálculo renal. Tal aumento é causado pela produção em excesso e também diminuição da capacidade do corpo em excretar a substância. O ácido úrico é produzido no fígado e deriva do metabolismo de proteínas do organismo e também dos alimentos, como a purina.

Dieta recomendada

Além da intervenção medicamentosa prescrita e acompanhada periodicamente por um especialista médico, uma das formas mais conhecidas para a amenização dos efeitos da doença é a elaboração de um cardápio balanceado. De acordo com a dieta prescrita por nutricionistas a rotina alimentar do portador de elevação de ácido úrico deve ser baseada respeitando as seguintes recomendações:

                       

Sardinha enlatada• Evitar o consumo de: miúdos em geral, como miolo, fígado, rins, coração e moela; alguns alimentos do mar, como sardinha mexilhão, anchova, bacalhau, salmão, truta, atum, arenque, camarão, lagosta, ostra e caranguejo; algumas aves como pombo, ganso, peru e galinha; carne de porco e embutidos, toucinho, defumados e bacons; caldo de carne e molhos pronto; feijão, ervilha, grão de bico, lentilha e trigo; frutas oleaginosas como coco, nozes, castanha, amêndoas, amendoim, etc; alho poro, aspargos, brócolis, cogumelos, extrato de tomate, chocolate e pão de centeio. Todos os grãos e sementes devem ser eliminados da dieta.

• Reduzir o consumo de: carnes magras como patinho, coxão duro; peito de frango e filé de pescada branca. Os nutricionistas sublinham a necessidade de não ultrapassar o consumo de 2 porções pequenas destas carnes diariamente.

• É permitido o consumo de: leite e iogurte desnatados e queijo branco; ovos; vegetais (exceto os citados no item 1); pães brancos e biscoitos de água e sal; frutas em geral; macarrão, arroz e batata, óleo vegetal, como o de girassol em doses moderadas.

Redução da taxa do ácido

Iogurte desnatadoPodem-se utilizar preparações com carnes cozidas, desprezando a água do preparo, não utilizar preparações e alimentos ricos em gordura, não assar as carnes até torrá-las, não ingerir bebidas alcoólicas e atentar para o consumo de 2 a 3 litros de água por dia são outras dicas dadas por especialistas para reduzir os problemas da elevação do ácido úrico.

Quando a concentração do ácido é verificada como superior e 8% no plasma sanguíneo, admite-se o diagnóstico do distúrbio.

Nenhum voto, seja o primeiro



Jessica
08/06/11



Vídeos Relacionados

Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook