Animais do Pantanal mato grossense

As características dos principais animais encontrados no Pantanal mato-grossense, além de informações importantes sobre a área.

Pássaro pousado sobre capivaraO Pantanal mato-grossense, conhecido também por Complexo do Pantanal, é um bioma (sistema constituído por seres vivos, sejam eles do reino animal ou vegetal) localizado no sul do Mato Grosso e no noroeste do Mato Grosso do Sul, além de adentrar o leste da Bolívia e o norte do Paraguai. A região é considerada pela UNESCO como Patrimônio Natural Mundial e como Reserva da Biosfera. Apesar do nome, há poucas áreas realmente pantanosas na região pantaneira, mas a região possui boa possibilidade de alagamento, devido às poucas montanhas existentes nos arredores.

O conjunto das espécies animais do Pantanal recebe o nome de fauna pantaneira e constitui um dos mais ricos ecossistemas do mundo, contendo aproximadamente 300 espécies de mamíferos, 1.000 de aves, 400 de peixes e 480 de répteis. A seguir, mostraremos algumas das principais características inerentes à fauna do Pantanal mato-grossense.

                       

iguana

Répteis

A iguana é um dos répteis mais comumente encontrados na região. A espécie é herbívora e faz os seus ninhos próximos às margens dos rios. Os jacarés também constituem boa parte da fauna réptil, apesar de já terem sido ameaçados de extinção. Hoje, considera-se que existem mais de 3 milhões de jacarés adultos na região.

Aves

tuiuiuA grande variedade de espécies é o que mais impressiona. Considerado o principal símbolo do Pantanal, o Tuiuiú pertence à família das cegonhas europeias e pode chegar a medir mais de 1,5 metros, além de pesar mais de 10 kg. A arara-azul também pode ser avistada próxima das fazendas do local.

Mamíferos

lobo guaráAs duas mais importantes espécies estão ameaçadas de extinção: são elas o lobo-guará e a ariranha. Além da também famosa onça pintada, são encontradas diversas espécies de veados, macacos e capivaras. Também há um grande desenvolvimento da pecuária no local, o que corresponde a uma grande quantidade de cabeças de gado.

Peixes

curimbatáDevido aos alagamentos e à grande quantidade de rios, também há uma rica fauna aquática na região pantaneira. Lá podem ser encontradas, dentre a grande diversidade de espécies, piranhas, curimbatás, pacus, pintados e dourados, que habitam os vários rios, lagoas e corixos que se encontram na região.

Um dos maiores problemas ecológicos existentes no local ocorre em decorrência da caça indiscriminada de animais, como a ariranha e os jacarés. Os caçadores visam principalmente á obtenção de pele e couro. A pesca também agride muito o ecossistema do lugar e acontece principalmente no período da piracema (quando os peixes se unem para reprodução, facilitando a pesca).

Além da rica fauna, outras características importantes marcam a região do Pantanal, como as diversas centrais hidrelétricas existentes. Segundo dados da Embrapa, existem aproximadamente 100 pequenas centrais instaladas na região, que também contribuem para a deterioração do ecossistema local, pois as barragens acabam impedindo que os peixes subam pelos rios, afetando principalmente o chamado tráfego de nutrientes, importantíssimo para a vida animal e vegetal na região.

Saiba mais sobre animais do pantanal

Nenhum voto, seja o primeiro



Amoedo
14/06/12


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook
  1. eu vo  estuda so para cuida da natureza

    loisa
    05/09/12 às 15:36
  2. Eu adoro a natureza…

    Maria José Moreira
    15/06/12 às 14:34
  3. Eu gosto muito de ver o que a natureza tem de melhor ,para conhecer.

    Ivone Barbosa
    15/06/12 às 11:02
  4. EU ACHEI MUITO INTERESANTE  SOBRE OS BICHOS DO PANTANAL.

    IVONELIMAJI
    15/06/12 às 11:58