Caio Fernando Abreu livros

Caio Fernando Abreu é destaque na literatura contemporânea, e sua obra se estende desde poesias até volumes de contos e romances.


Caio Fernando Abreu

Caio Fernando de Abreu nasceu na cidade de Santiago, no Rio Grande do Sul em 12 de Setembro de 1948. Seus primeiros contos começaram a ser escritos e publicados quando Caio mudou-se ainda jovem para Porto Alegre e em seguida, deu início ao curso de Letras na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. O escritor também iniciou o curso de Artes Dramáticas, mas, deixou o curso superior de lado para dedicar-se ao jornalismo.

         

Biografia

Caio Fernando AbreuNa sua biografia, destacamos uma perseguição pelo DOPS – Departamento de Ordem Política e Social, que também afligiu vários artistas brasileiros durante a Ditadura Militar. Viveu experiências em várias partes do mundo como Espanha, Estocolmo, Amsterdã (cidade onde escreveu Ovelhas Negras), Londres e Paris, Retornando o Brasil, tinha os cabelos vermelhos e usava batas cobertas por espelhos.

Voltando à França, escreveu o volume Bien Loin de Marienbad, mas, pouco tempo depois teria de retornar à Porto Alegre, para tratar-se da AIDS. Deixando dores e fãs por todo o país, Caio faleceu em 25 de fevereiro de 1996, no hospital Menino de Deus. Dono de vírgulas intensas e acima de convencionalismos, Caio foi o punho de livros de linguagem contemporânea, subjetiva e acima de tudo, surpreendente. Considerado um dos contistas da nova geração de maior primor e fôlego da língua, arrebata leitores de todas as idades com seu desenvolvimento sutil e ao mesmo tempo dramático de amores, alegrias, suspiros, almoços e paixões.

Volumes de contos

Capa do livro Morangos MofadosO inventário do Ir-remediável (1970), título que foi alterado com propósitos do autor, O Ovo Apunhalado (1975), Pedras de Calcutá ( 1977), o clássico Morangos Mofados (1982), Os Dragões não Conhecem o Paraíso (1988), Ovelhas Negras (1995) e Estranhos Estrangeiros (1996).

Outras obras

Caio publicou os romances Limite Branco (1971) e Onde Andará Dulce Veiga (1990). Caio Fernando Abreu também é o autor das novelas Triângulo das Águas (1983), As Frangas (1988), Bien Loin de Marienbad (1994) e também de peças de teatro como a Maldição do Vale Negro (1988) e Teatro Completo (1997).

Sua antologia Mel & Girassóis traz relatos e retratos impressionantes traduzidos sob a forma única da escrita de Caio.

0 voto



Jessica
17/06/11


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook

X
Curta a página