Cauterização no colo do útero dói?

A cauterização no colo do útero é um tratamento realizado com o objetivo de provocar feridas no útero para uma melhor cicatrização.

Ginecologista e paciente

Na medicina há vários tratamentos indicados pra determinados tipos de doenças e a cauterização do colo do útero é um deles. Cauterização do colo do útero é um procedimento médico indicado para o tratamento de feridas e cervicites que atingem a parede externa do útero. Essas feridas aparecem por conta de infecções, alterações hormonais e traumas ocasionados na parede do útero.

                       

Primeiramente é feito um tratamento com o uso de pomadas antibióticas que ajudam na cicatrização das feridas este procedimento é incomodo, porém não dói, entretanto, se o problema não se resolver, o médico ginecologista opta pelos métodos de cauterização que são feitos no próprio consultório médico este sim causa incômodos e dói no momento do procedimento.

Veja abaixo informações sobre a cauterização no colo do útero, os tipos, se dói e também os cuidados após o procedimento.

Tipos de cauterização

médica e paciente

A cauterização do colo do útero é realizada de quatro maneiras diferentes: criocauterização que é um método de frio extremo a 60ºC negativos, cauterização de alta frequência com correntes elétricas que emitem ondas, cauterização a laser e cauterização com substâncias ácidas, infelizmente todos os procedimentos citados de certa forma dói para a realização.

Cauterização dói?

Ginecologista e paciente

A maior dúvida entre as mulheres que estão sujeitas a este tipo de tratamento é se a cauterização dói ou não.

Por ser um tratamento invasivo para que possa atingir a parede externa do útero dói sim, e pode causar uma leve cólica durante o procedimento e alguns minutos após o término.

Cuidados após a cauterização

ginecologista passando indicações a paciente

Após realizar o procedimento de cauterização, a paciente deve ter abstinência sexual de 15 a 21 dias para que não haja nenhum trauma na parede externa do útero durante a cicatrização,pois caso contrario dói, ajudando na cicatrização e regeneração celular no local onde foi formada uma nova ferida causada pela cauterização.

Durante esse período é indicado que a paciente use também pomadas antibióticas que ajudam na cicatrização da parede, e após 40 dias retornar ao seu médico ginecologista para verificar se as feridas já cicatrizaram.

Como a cauterização é invasiva e causa uma nova ferida na parede do útero é um processo que dói, e é essencial uma boa higiene íntima diária por conta do corrimento ocasionado e o uso de pomadas indicadas pelo seu ginecologista.

Confira o vídeo sobre as feridas no colo do útero:

https://youtube.com/devicesupport

Mais artigos sobre útero

11 votes



Thaís
07/03/12



Vídeos Relacionados

Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook
    renata santos dutra - 27/06/2012

    Poxaa MuiitO ObrigaadO VCS me ajudaraam muito