Como se pega hepatite

A hepatite afeta milhões de pessoas, em todo o mundo. A doença se divide em vários tipos, mas existem métodos que previnem o contágio.

HepatiteHá vários tipos de hepatites, porém a mais comum atualmente é a Hepatite B e A que causam uma inflamação no fígado que é causada pelo vírus da Hepatite. Há cerca de sete tipos de vírus conhecidos que são: A, B, C, D, E, F e G, sendo que o vírus E, F e G são mais raros. É importante saber qual o vírus que ocasionou a doença, pois há muitas diferenças entre os vírus.

Tipos

Vírus da hepatiteA hepatite C ocorre normalmente na adolescência tarda e na vida adulta e a infecção tem a capacidade de burlar o sistema imunológico e acaba sobrevivendo no organismo e leva a um processo de doença crônica e a hepatite D possui um comportamento atípico, ocorrendo somente em conjunto com a hepatite B e trabalha como uma espécie de parasita no organismo, podendo se transformar em uma infecção que causa a destruição do fígado.

                       

Por possuírem diferentes tipos de vírus da hepatite, a forma de transmissão da doença diferencia para cada tipo de hepatite. A hepatite A é frequente na infância e é transmitida de pessoa para pessoa e o vírus é encontrado nas fezes, por isso, a importância da higiene após o uso do banheiro, podendo também ser transmitida através dos alimentos, por isso, os berçários e creches são bastante vulneráveis a este vírus.

A hepatite B se dissemina de muitas maneiras, mas se pega através do alimento contaminado, podendo ser pega também pela transfusão sanguínea ou pelo contato com as secreções do infectado e o uso de objetos cortantes, seringa, piercing e tatuagens sem esterilização podem causar a transmissão, sendo possível a transmissão sexual, de mãe para feto, por isso, é importante fazer o exame de hepatite B na gravidez.

A transmissão da hepatite C é similar a da hepatite B, sendo pela transmissão sexual, porém há uma pequena porcentagem de ser passada de mãe para bebê.

Prevenção

Talheres limposPara se prevenir da transmissão do vírus da hepatite A é necessário manter boas condições sanitárias em ambientes abertos ao público e a imunização deve ser feita através da vacinação contra a hepatite A. Mas, além disso, é importante separar os talheres e as roupas íntimas da pessoa infectada com o vírus da hepatite A e a imunização só é indicada para quem tem contato direto com o infectado.

Já o vírus da hepatite B é controlável com cuidados no pré-natal, imunização das crianças no período escolar e pessoas que tenham uma vida sexual ativa com muitos parceiros ou com um único parceiro que esteja contaminado com o vírus.

A hepatite C é mais complicada, pois não há vacinas, mas a contaminação pode ser evitada através do não uso de seringas em conjunto, fazer tatuagens e piercing em local onde não há uma esterilização adequada e o uso de camisinhas.

Assuntos relacionados

1 voto



Thaís
19/07/11


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook
  1. muito bom o insinamento

    enzo
    17/11/13 às 11:51