Comunicação não verbal na enfermagem

Os profissionais da enfermagem devem compreender sinais indicados por seus pacientes que não são capazes de se comunicar verbalmente.

enfermeira com uma senhora de cadeira de rodas.A enfermagem é a categoria que mais está em contato direto com o paciente, portanto necessita compreender sinais que eles podem indicar, pois muitos deles não são capazes de expressar seus sentimentos e desejos de forma verbal. Os sinais indicados pelo paciente que não conseguem se expressar por linguagem verbal são conhecidos como comunicação não verbal, um tipo de comunicação caracterizado por sinais que não envolvem a fala e nem a escrita, podendo ser feita através de símbolos, gráficos, gestos e expressões faciais.

A comunicação não verbal é muito comum em hospitais, lugar que se encontram pessoas doentes e impossibilitadas de se comunicarem verbalmente, sendo assim a equipe de enfermagem deve estar preparada para compreender os sinais e a comunicação não verbal de seus pacientes para poder dar uma assistência de forma adequada, visando à humanização e o atendimento holístico de seus pacientes.

                       

Importância da comunicação não verbal na enfermagem

Médico consultando criançaA enfermagem entre tantas atribuições e competências, deve ter a compreensão da comunicação não verbal, a equipe de enfermagem em seu ambiente de trabalho desenvolve interação entre as pessoas, presta assistência a todos os tipos de patologias e pacientes, sendo assim necessita da comunicação como ferramenta de trabalho. A enfermagem deve estar preparada para compreender um tipo de comunicação, que são sinais não verbais que seus pacientes podem indicar, pois o resultado positivo de seu trabalho será a resposta dessa compreensão.

O paciente que não é capaz da comunicação verbal transmite sinais que indicam suas necessidades, como a dor e a fome. Essa comunicação não verbal pode ser através de gestos e expressões corporais, o paciente pode transmitir suas necessidades até através do olhar, portanto a equipe de enfermagem deve ser sensível e detalhista o bastante para captar e compreender esses sinais, com essa habilidade em mãos a enfermagem realizará seu trabalho de forma espetacular e eficiente.

Comunicação não verbal linguagem corporal

Enfermeira ajudando pacienteQuando o paciente não é capaz de se expressar pela comunicação verbal, certamente sua interação com a enfermagem será através da comunicação não verbal, utilizando sinais e a linguagem corporal como ferramenta. A enfermagem deve estar preparada para enfrentar os obstáculos trazidos pela falta da linguagem verbal, estabelecendo maneiras de compreender seus pacientes para poder realizar seu trabalho de forma adequada. Uma dessas maneiras é a utilização de gráficos e escalas que podem demonstrar a necessidade do paciente através da linguagem corporal.

Um dos gráficos mais utilizados em hospitais e pela enfermagem que pode auxiliar na compreensão das necessidades do paciente é a escala da dor, nessa escala a equipe de enfermagem poderá perguntar ao paciente que nota de 1 a 10 ele dará para a dor que está sentindo e a resposta será através de gestos ou com o olhar fixo no número mostrado pelo enfermeiro. A enfermagem ainda poderá utilizar símbolos como instrumento na comunicação com seus pacientes, para isso a enfermagem deverá dispor uma ficha com desenhos que representem o estado do paciente e então deverá pedir para que o indivíduo fixar o olhar no símbolo que melhor represente seu estado naquele momento.

Comunicação não verbal gestos

Pessoa segurando mão de pacienteA equipe de enfermagem também pode compreender seus pacientes através de gestos e da para-linguagem, como choros, gritos, bocejos e risos. As funções corporais também podem ser indicativas para enfermagem do estado fisiológico do paciente que não se comunica por linguagem verbal, como a recusa de refeições e alteração do padrão do sono. A enfermagem também deve estar atenta à expressão facial do paciente, através dela muitas coisas podem ser “ditas”, por isso esteja atento ao código visual, como o olhar fixo. A boca, as sobrancelhas, o movimento da cabeça também podem ser indicativos de que algo está errado.

A enfermagem deve avaliar o indivíduo como um todo, deve atendê-lo de forma integral, tanto fisicamente quanto psicologicamente, sendo muitas vezes necessária a compreensão de sinais e da comunicação não verbal de seus pacientes para a realização de um atendimento de enfermagem eficiente.

Saiba mais sobre enfermagem e comunicação não verbal

1 voto



Maria Carolina
05/11/12


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook