Concordância verbal e nominal exemplos

Concordar em gênero e número nem sempre é simples, a Língua Portuguesa é repleta de regras, fique atento para não deslizar na gramática.

Caderno e caneta usados para estudo de concordância verbal e nominal.A linguagem humana é o veículo de comunicação mais importante para todos. Sendo assim é aconselhável que todos aprendam a maneira correta de usá-la. E falar corretamente é uma das aprendizagens necessárias que envolvem a língua, no entanto, falar corretamente as expressões e, principalmente as suas colocações nem sempre é fácil, e causa algumas dúvidas nas pessoas.

Como é o caso da gramática, que faz parte do estudo da língua portuguesa, que na grande maioria das vezes gera incompreensões, com suas dezenas de regras e exceções. As dúvidas com relação a concordância verbal e a nominal estão entre as mais comuns dos falantes da nossa Língua Portuguesa. Vejamos alguns exemplos:

Concordância verbal

Lousa com exemplos de concordância verbalNa concordância verbal o verbo concorda em número e pessoa com seu sujeito, ou seja, se o sujeito estiver no plural o verbo deve concordar com o mesmo, veja a seguir o exemplo: Paulo e Silvana assumem suas carreiras brilhantemente. O exemplo está correto, pois Paulo e Silvana são dois, por isso, o verbo tem a necessidade de estar no plural, sendo que o incorreto seria: “Paulo e Silvana assume”. A Língua Portuguesa é cheia de exceções, por isso, no caso dos sujeitos que exprimem sentido coletivo o verbo pode tanto permanecer no singular quanto ir para o plural. Exemplo: "Uma multidão de crianças saiu aos gritos." ou "Uma multidão de crianças saíram aos gritos", lembrando que as duas maneiras estão corretas.

Concordância nominal

Na concordância nominal temos a relação entre um nome, normalmente substantivo, que entra em acordo com um dos seus modificadores (adjetivo, numeral, pronomes e adjetivos), ou seja, deverá concordar em gênero (masculino/feminino) e número (singular/plural). Exemplo: "As máquinas eram manipuladas pelos trabalhadores". O exemplo está correto, pois o substantivo está no plural assim como o adjetivo "manipuladas” também está concordando com o nome (máquinas).

Confira mais dicas no vídeo Concordância verbal e nominal exemplos no Canal do Portal ZUN no Youtube:

Podemos perceber como a concordância verbal e nominal não é tão difícil, basta estudar, buscar e compreender as regras da língua portuguesa e, assim utilizar a linguagem de modo correto e eficiente.




Mayara
26/08/11

Mais informações por email.

Comentar sobre Concordância verbal e nominal exemplos

  1. Muito esclarecedor, gostei da forma como você explica em seu site parabéns.

    José Valter Lopes Dos Santos
  2. gostei muito mim ajudou bastante no meu trabalho

    amanda oliveira alves moura
  3. obrigada

    tico neto
  4. 0:15 acho que é o Mahmoud Abbas o/

    otimo texto!

    Vitorio-rock70
  5. axei otimo esse assunto!!

    viviane
  6. adorei os estudos bom pra vcs

    by
  7. td otimo adorei

    by