Constituição Federal de 1988 resumo

Apresentamos as principais mudanças da Constituição de 1988, conhecida também, por muitos, como a primeira Constituição Cidadã.

Palácio da Justiça em BrasiliaConsiderada um dos marcos da trajetória política brasileira, a Constituição Federal de 1988 é dita por muitos teóricos como a “Constituição Cidadã”. Durante o encerramento da Assembleia Nacional Constituinte, o presidente do grupo que dirigia a nova legislação, o deputado Ulysses Guimarães, afirmou que a Constituição Cidadã recuperaria o direito de milhões de brasileiros, vítimas da pior das discriminações: a miséria.

Divisões

Promulgada no dia 5 de outubro de 1988, a Constituição possuía 245 artigos divididos nos seguintes títulos: I - Princípios Fundamentais, II - Direitos e Garantias Fundamentais, III - Organização do Estado, IV - Organização dos Poderes, V - Defesa do Estado e das Instituições, VI - Tributação e Orçamento, VII - Ordem Econômica e Financeira, VIII - Ordem Social e IX - Disposições Gerais.

Brasão da República Federativa do Brasil

Intenção

Na tentativa de romper com todas as falhas das Cartas Magnas anteriores a de 1988, a nova Constituição também esperava eliminar os antecedentes da Ditadura Militar, instituindo uma série de garantias políticas e sociais. Dentre as mudanças, a Carta qualificava como crimes inafiançáveis e insuscetíveis de graça ou anistia a tortura e ações armadas que foram constantes no regime militar.

Trabalho e Governo

Quanto às Leis Trabalhistas, a Constituição também trazia mudanças, como a definição de uma jornada máxima de trabalho de 44h/semanais, maior liberdade sindical com garantia de direito à greve, instituição do seguro desemprego e do FGTS, ampliação da licença-maternidade e outros direitos individuais e coletivos.

Câmara dos DeputadosQuanto às mudanças nos moldes do Governo Federal, a Constituição institui a interdependência entre os 3 poderes e restringiu a abrangência do poder das Forças Armadas. Conferindo maior democracia ao sistema eleitoral brasileiro, a partir de 1988, estavam reestabelecidas as eleições diretas para presidente da República, governadores de Estado e prefeitos municipais e estaria firmado o direito ao voto para analfabetos de todo o país, sendo esta uma das maiores confirmações sociais da Constituição Cidadã.

Mais sobre Constituição Federal de 1988 resumo

O voto passaria a ser obrigatório para maiores de 18 anos, facultativo para 16 e 17 anos e também estaria criado o sistema de turnos para eleições para presidente, governador e prefeito em municípios com mais de 200 mil habitantes.

A censura também teria fim a partir da Carta Magna de 1988: meios de comunicação, obras de arte, músicas, filmes e teatros estariam livres do veto que vigorava desde a rigidez militar, oficializando a liberdade de expressão no cenário nacional.

Mais artigos com o tema Federal




Jessica
20/06/11

Mais informações por email.

Comentar sobre Constituição Federal de 1988 resumo

  1. muito bom.

    Creuzinhafelix

Destaque

Ginástica para idosos resumo

Ginástica para idosos resumo

Veja Também

Ginástica no ambiente de trabalho