Diabetes gestacional sintomas

Durante o período de gestação, a Diabetes pode ser manifestar de forma ainda mais séria, comprometendo a sua saúde e a de seu bebê.


Medidor de glicoseA diabetes é uma doença que atinge cerca de duzentos milhões de pessoas no mundo todo e a previsão é que este número aumente com o passar dos anos. A doença é caracterizada pela presença de altos índices de novos casos e também de mortalidade, além de ter um custo social e financeiro alto para a sociedade.

Tipos

GravidezHá três tipos de diabetes: Tipo 1 que é chamada de diabetes insulinodependente que geralmente ocorre em crianças, adultos e jovem, os quais utilizam insulina injetável para manter o controle, pois o seu organismo não a produz; Tipo 2 que é chamada de diabetes mellitus não insulinodependente que é o tipo mais frequente na população e que geralmente surgem após os 40 anos de idade; Diabetes Gestacional é aquela que surge durante a gravidez, aparecendo principalmente em mulheres que têm mais de 30 anos.

         

A diabetes gestacional é uma desordem que se torna aparente durante a 24ª e 28ª semana de gravidez e em muitos casos o índice de glicose volta ao normal após o parto ou então vira à diabetes mellitus 2, por isso, é recomendado que todas as grávidas façam um teste de glicose durante a gestação.

Sintomas

Os principais sintomas da doença na gestação são vômito, aumento de urina, muita sede, náuseas, perda de peso, aumento do apetite, fadiga, infecções frequentes na bexiga, vagina e pele e visão embaçada.

Tratamento

Injeção de insulinaO principal objetivo do tratamento é manter os níveis de glicose do sangue nos limites normais enquanto durar a gestação e assegurar o bem estar do feto, pois há um aumento no risco de morte fetal, porém esse risco diminui com um tratamento efetivo na mãe e no feto e após o parto os altos níveis de glicose no sangue tende a diminuir, todavia, as mulheres com diabetes gestacional devem ter um acompanhamento pós-parto e em intervalos regulares para detectar se existe possibilidade de adquirir diabetes do tipo 2, pois mais de 40% das mulheres que tiveram diabetes gestacional na gravidez desenvolvem diabetes mellitus tipo 2 e este risco se torna ainda maior quando a mulher é obesa.

Mas, tomando os cuidados adequados, ou seja, ter uma gestação planejada, alimentação adequada e um bom pré-natal. A insulina é uma substância produzida pelo pâncreas que é essencial para que o nosso corpo funcione bem e utilize a glicose que é um açúcar como sua principal fonte de energia, por isso, é de extrema importância manter uma alimentação saudável, praticar atividade física regularmente e manter o peso em níveis normais, para prevenir a doença.

A diabetes mellitus se trata de uma doença de causa múltipla e que ocorre quando o organismo deixa de produzir a insulina, ou então, quando a insulina deixa de atuar de forma eficaz no organismo e como consequência há um aumento da taxa de glicose do sangue, causando a hiperglicemia.

0 voto





Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook

X
Curta a página