Diferença entre obesidade e sobrepeso

O sobrepeso e a obesidade são muitas vezes confundidos entre a população. Veja mais sobre a diferença entre obesidade e sobrepeso.

Considerado um problema de saúde pública tanto nos países desenvolvidos como também nos em desenvolvimento, a obesidade e o sobrepeso vem aumentando sua prevalência de maneira rápida e constante. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), no ano de 2002 cerca de um bilhão de adultos apresentavam sobrepeso, sendo que cerca de 300 milhões eram considerados obesos.

                       

Relacionada a fatores genéticos, ambientais, comportamentais, culturais, psicológicos e metabólicos, o sobrepeso é o início de uma série de alterações corporais que contribuem para o desenvolvimento de doenças crônicas e incapacidades que se não revertida pode levar a obesidade grau I, II ou III que é a tão temida obesidade mórbida. Entenda sobre a diferença entre sobrepeso e obesidade e dados epidemiológicos do Brasil.

O que é sobrepeso?

Sobrepeso ou excesso de peso é definido como a existência de um tecido adiposo em excesso, ou seja, maior que o ideal saudável. O sobrepeso está relacionado com o sedentarismo, à falta de exercícios físicos e a ingestão exagerada de alimentos hipercalóricos e de poucos nutrientes.

Segundo a OMS, uma das técnicas utilizadas para avaliar se um indivíduo está com sobrepeso é o Índice de Massa Corporal (IMC), que se estiver acima de 24,9 e abaixo de 29,9 o indivíduo apresenta-se com sobrepeso. De maneira geral, o sobrepeso é o estado intermediário entre o peso considerado normal ou saudável e a obesidade.

Entretanto, algumas pessoas mais altas e fortes podem ser classificadas com sobrepeso pela técnica do IMC, por isso, utiliza-se em conjunto, a técnica de avaliação antropométrica, onde se faz a aferição das pregas cutâneas para avaliar a quantidade de gordura corporal.

O que é obesidade?

Já a obesidade é o estágio seguinte ao sobrepeso e começa a partir do IMC 30, sendo classificada em três estágios: obesidade grau I está entre 30 a 34,9; obesidade grau II entre 35 a 39,9 e a obesidade mórbida com IMC acima de 40.

Normalmente os indivíduos com sobrepeso seja na infância, adolescência ou fase adulta, se não optar por uma reeducação alimentar e um estilo de vida mais saudável, certamente avançarão para o estágio de obesidade, a qual traz sérias consequências para a saúde, afetando de maneira geral a qualidade de vida e levando a problemas respiratórios, problemas cardíacos, infertilidade, problemas musculares e ósseos, doenças coronarianas, hipertensão arterial e diabetes.

Obesidade e sobrepeso no Brasil

Cada vez mais comum no Brasil, o sobrepeso e a obesidade vem se tornando um problema de saúde pública. Segundo o IBGE (Instituto Brasileiros de Geografia e Estatística), no ano de 2010 os brasileiros adultos passaram de 18,5% para 50,1% da população de homens adultos, ou seja, mas da metade da população masculina encontra-se acima do peso e no cenário feminino a história não é diferente, os números passaram de 28,7% para 48%, atingindo quase a metade das mulheres adultas.

E a história se reflete no público infantil que devido aos hábitos e estilos de vida sedentários que estão expostos, acabam por apresentar sobrepeso e obesidade e os alvos são as crianças a partir de cinco anos de idade. Segundo a POF (Pesquisa de Orçamento Familiar), uma em cada três crianças de 5 a 9 anos estão acima do peso.

E a tendência no Brasil e no mundo é que os dados aumentem drasticamente, gerando sérios problemas de saúde e muitos gastos com a saúde da população.

Assista ao vídeo e veja mais detalhes sobre a diferenças entre sobrepeso e obesidade:

Saiba a diferença entre Obesidade e Sobrepeso - RVC Notícias 16-11 Bloco 1

Saiba mais sobre obesidade

Nenhum voto, seja o primeiro



Thaís
30/01/14


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook