Dor de cabeça constante

Ansiedade, estresse e preocupações excessivas são as principais causas das dores de cabeça. Entretanto, as dores também podem ser um sinal.

Homem de meia idade com dor de cabeçaAs dores de cabeça são o mal constante deste novo século. Um estudo realizado recentemente por equipes de neurologia apontou que no Brasil mais de 6,9% das pessoas passam mais dias com dor de cabeça do que sem dor. Geralmente, as dores de cabeça são sintomas de outras doenças de vários tipos e gravidades como sinusite, meningite, tumor cerebral, aneurisma cerebral, ou ainda infecções virais, anemias e hipertireoidismo.

Outras causas comuns são a ansiedade, stress e preocupações excessivas. Geralmente, a dor de cabeça constante sempre vem acompanhada de torturas e sensações vertiginosas.

                       

Sobre a dor

Criança com dor de cabeçaA dor de cabeça constante faz parte do grupo primário de dores de cabeça, que normalmente desenvolve-se como enxaqueca e cefaleia tensional, e é tratada de forma preventiva, para evitar que a dor apareça. São usados medicamentos antidepressivos, neuromoduladores, betabloqueadores, para bloqueio de nervos e ainda fitoterápicos, além de outras intervenções não medicamentosas.

Tratamento

Remédios fitoterápicosO tratamento eficaz da dor de cabeça constante depende absolutamente do acompanhamento clínico. As dores podem acompanhar outras dores musculares, na nuca ou no pescoço, e ainda, apresentar mais intensidade do lado esquerdo, ou direito, apontado para uma causa específica que pode ser analisada apenas por um médico. O diagnóstico preciso da dor de cabeça é um importante auxilio para que doenças mais graves, como um aneurisma, por exemplo, possam ser identificadas, prevenidas ou tratadas a tempo. Também é importante que não se faça a automedicação, sob os riscos de efeitos colaterais indesejados e danos à saúde.

Existe ainda a dor de cabeça vascular, que ocorre quando os vasos sanguíneos se dilatam e pressionam os nervos, causando a dor e também as dores secundárias, quando são causadas como resultado de uma infecção ou aumento da pressão dentro do cérebro.

Nenhum voto, seja o primeiro



Jessica
09/06/11



Vídeos Relacionados

Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook