Espinhas na gravidez é normal?

As espinhas na gravidez são causadas pelo excesso de oleosidade na pele pelos hormônios. Veja dicas de como tratar e disfarçá-las.

grávida em frente o espelho

O corpo da mulher na gravidez passa por muitas mudanças relacionadas aos hormônios, essas alterações permanecem no corpo da grávida durante os nove meses de gestação e são consideradas normais. Umas série de transformações psicológicas e físicas podem acontecer nesse período tão especial e normal na vida da mulher que está no período da gravidez.

         

Os hormônios responsáveis por toda essa mudança são chamados estrógeno e progesterona, responsáveis por cada centímetro de mudanças no corpo feminino. A mudança nos cabelos pode ser encarada de forma positiva em muitas mulheres, devido o aumento da circulação sanguínea o cabelo ganha mais força e nutrientes necessário aos fios.

Mas e as espinhas nessa fase também é algo normal? Essa pergunta é umas das mais frequentes feitas pelas gestantes que percebem alterações visíveis principalmente na face. Com o aumento da distribuição dos hormônios no corpo, a gestante produz mais oleosidade à pele e com isso surge o aparecimento das tão terríveis espinhas. É importante saber que a gravidez é um período normal que todas passam e por isso todos os efeitos surtidos por ela são também passageiros, não entrar em pânico é a melhor solução.

Espinhas na gravidez por quê?

Além das incômodas espinhas que são causadas pelo excesso de oleosidade considerada normal nessa fase, a pele também sofre outras influências nos melanócitos, responsáveis em dar cor à pele. Na gravidez como tudo está modificado e alterado essa substância aumentada provoca a terríveis manchas, causando transtornos e incômodos para a mulher.

Durante o período da gravidez mulheres que nunca apresentaram sinais de espinhas começam a perceber mudanças na pele com a chegada dessas pequenas e inconvenientes inflamações.

Grávida com espinhas.

Segundo especialistas essas espinhas são normais nesse período de gravidez, o aumento de oleosidade fará com que ela brote não somente no rosto, mas no corpo todo. As espinhas na gravidez também podem ser resultados de maus hábitos alimentares, físicos e higiênicos.

A mulher que se alimenta de muita fritura e consome muitos refrigerantes e não pratica nenhuma atividade física pode apresentar ainda mais espinhas que o normal no período a gravidez.  Boa higienização do rosto e corpo também auxilia para que as espinhas permaneçam controladas.

Espinhas na gravidez como tratar?

Apesar das espinhas tomarem conta de algumas mulheres no período da gravidez, existe algumas maneiras de disfarçá-las e tratar. É importante que a gestante saiba que antes de tratar suas espinhas, não são todos os produtos que ela poderá utilizar. Ler e buscar orientação médica antes de realizar o procedimento fará toda a diferença.

Para o tratamento normal e natural das espinhas na gravidez realize a limpeza de sua pele no período da manhã e noite com alguns produtos vendidos em farmácias próprias para gestantes também são válidos na hora da limpeza. Mude seu creme hidratante caso ele seja muito cremoso, pois isso estimulará ainda mais oleosidade à pele.

mulher fazendo limpeza de pele

Para disfarçar as espinhas em uma ocasião especial que precisará estar linda e radiante no período da gravidez, use corretor em pó, verifique que seja da mesma cor de sua pele normal. O corretor de espinhas deve ser aplicado depois de passado à base para que a pele fique com aspecto normal, passando naturalidade para quem te observar.

Depois de utilizado o corretor e maquiagens faça sempre a limpeza da pele para descansar, use máscaras de beleza que contenham aveia, pois ajuda na limpeza e desobstrução dos poros.

Espinhas na gravidez como evitar?

É muito normal a pele ganhar mais oleosidade no período da gravidez com a alteração hormonal, por isso muitas das vezes não é possível evitar esses pontinhos indesejados. As espinhas podem aparecer mais acentuadas no final da gestação e alguns cuidados podem evitar que elas se instalem e se espalhem cedo demais na gestação.

Dormir com a pele livre de maquiagens e limpa evitará o fechamento dos poros, a limpeza de pele com um profissional que utilize produtos específicos e não prejudiciais para a gestante também evitarão futuras espinhas. A prática de atividades físicas na gravidez fará com que os poros se abram através do suor eliminando a oleosidade normal, lave o rosto no máximo três vezes ao dia para que a produção do sebo seja menor.

Grávida e  alimentação saudável.

Todo o cuidado necessário com a pele é de extrema importância, pois uma pele bem cuidada e nutrida mesmo na gravidez será muito mais bonita e livre desse pequeno incômodo considerado normal pelos médicos. Uma alimentação balanceada e hábitos mais saudáveis também contribuirão para que as espinhas não apareçam e se espalhem, pense primeiramente em sua saúde e a do bebê.

Mesmo com espinhas ou manchas na gravidez a mulher deve ter em mente que essa fase irá passar e depois do parto o corpo vota ao normal assim como essas alterações hormonais.

Confira também no canal do portal Zun do Youtube: Dermatologista online grátis perguntas.

DERMATOLOGISTA ONLINE GRÁTIS PERGUNTAS

Saiba mais sobre espinhas e gravidez

0 voto






Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook
  1. Olha gostei muito ! vai ajudar minha esposa.

    Scoot Sam
    30/08/13 às 17:37

X
Curta a página