Exame de urina leucócitos e hemácias

Exame de urina leucócitos e hemácias

Um dos meios mais simples para auxiliar no diagnóstico, o exame de urina é utilizado desde o séc. II. Aqui, um pouco mais sobre o exame.

Pessoa fazendo análise em microscópioO exame de urina, também conhecido como EAS (elementos anormais do sedimento), ou ainda “urina tipo I”, é bastante simples e não requer nenhum método complicado para coleta. Neste exame, são avaliados diversos fatores, dentre eles, a quantidade de leucócitos e hemácias.

A coleta

Primeiramente, deve-se coletar a urina em um recipiente plástico, que pode ser encontrado na maioria das farmácias, ou disponibilizado pelo laboratório, o popular “fazer xixi no potinho”. Segundo orientações médicas, deve-se desprezar o primeiro jato da urina. Recipiente contendo amostra de urinaMédicos e especialistas recomendam que seja a primeira do dia, se possível, no próprio laboratório, uma vez que após duas horas, o resultado pode ser comprometido, especialmente se não for conservada sob refrigeração.

O exame

Fividido em duas partes, o exame deve ser feito, primeiramente, por reações químicas e depois por observação de gotas pelo microscópio.

Mais sobre exame de urina leucócitos e hemácias

Na primeira parte, algumas fitas, as “dipsticks” são mergulhadas na amostra. Cada uma dessas fitas possui diversos quadradinhos com elementos químicos que reagem com a urina. Após um minuto de imersão na amostra, a fita é comparada à uma tabela de referência.

A segunda parte verifica por meio da observação, se existem cristais ou outras substâncias na urina.

Hemoglobina e leucócitos

Quando háLeucócito em meio às hemáciasinfecção urinária podem aparecer esses dois elementos nos exames. A presença de leucócitos, ou glóbulos brancos (popularmente conhecido como pus) evidencia a infecção propriamente dita, já que essas células são responsáveis pela defesa do organismo.

Já a presença de hemácias, ou glóbulos vermelhos, evidencia que há sangue na urina. Comumente há ausência dessas células na urina, mas caso sejam encontradas, a concentração mais comum é de 3 a 5 hemácias por campo, ou menos que 10.000 células por ml.

Portanto, o exame de urina é simples, mas precisa ser feito de forma cuidadosa para que não haja erros nos resultados.

Mais um artigo sobre leucócitos na urina

27/09/11 por Amoedo

   

Mais informações por email

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Instagram
YouTube
Facebook