Flatulência com mau cheiro

Soltou uma flatulência no elevador? No seu ambiente de serviço? Tome os cuidados necessários para não passar mais vergonha.

FlatulênciaAs flatulências (popularmente conhecidas como “Puns”) são um assunto muito sério. Se você ou uma pessoa que está perto ocasionalmente soltar uma dessas, é importante saber alguns conceitos.

A palavra flatulência vem do latim flatus (sopro), e quer dizer “ventosidade anal que pode ser ruidosa ou não, e tem um cheiro fétido, ou não”.

                       

É um assunto polêmico

Apontando o dedoNinguém conversa com um desconhecido sobre flatulências. O assunto é um daqueles tabus e é evitado pelo mesmo motivo de todos: a culpa geral no cartório. Qualquer ser humano que esteja vivo já soltou alguma que tivesse um ruído de pelo menos um segundo de duração. Ninguém está dizendo para legalizar ou descriminalizar a flatulência mas, antes de fazer piadinhas, é preciso entender que o processo faz parte do sistema digestivo de todos os animais, e é necessário para eliminação dos gases que se acumulam em nosso corpo.

Para quem solta, não tem graça

QFedoruem nunca presenciou uma flatulência pública? O clima ocasionado é no mínimo constrangedor. Isso acontece porque todos sabem exatamente quem foi que soltou a flatulência (as silenciosas podem passar despercebidas, apesar de geralmente portarem um odor ainda mais forte). Se você já foi acusado desse ato, pode ter certeza que é culpado. Os degenerados que culpam um terceiro pela sua própria flatulência correm sério risco de serem desmascarados, pois nosso sistema de defesa é extremamente ágil em captar a origem de sons e cheiros que nos trazem perigo.

Isso resulta no fato de que o emissor de uma flatulência barulhenta jamais passará despercebido. Perceba que as pessoas não denunciam por pura questões de educação. Se você sentir que não dá para segurar, é recomendado o isolamento momentâneo.

Abra sua mente

Principalmente em cidades menores, onde todos se conhecem, quase ninguém assume suas próprias flatulências, por medo de ficar com fama de opressor da sociedade ou terror das festas. Acabe com esse mito em sua vida. Mostre ter coragem para assumir um ou outro deslize de seu sistema digestivo, afinal, é algo que saiu do seu próprio corpo, é uma criação sua e deve ser tratado com o amor e carinho de um pai ou mãe. Há quem diga que flatulências e filhos, cada um só aguenta o seu.

Isso não é verdade, se todos os tabus forem quebrados, podemos, quem sabe, no futuro, viver em um mundo onde as flatulências se harmonizem em nossa sociedade, e possamos então agir normalmente com nosso corpo, sem rir ou fazer piadinhas com o próximo, que sempre deve ser respeitado.

Nenhum voto, seja o primeiro


Amoedo
20/07/11


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook