História da Caixa Econômica Federal

A Caixa Econômica Federal é a instituição financeira que se tornou referência na captação de poupança e outros benefícios sociais.

Cadeia Velha.A Caixa Econômica Federal foi criada através do decreto nº 2.723, assinado pelo Imperador D. Pedro II, no dia 12 de janeiro de 1861. O nome da instituição era então  Caixa Econômica e Monte do Socorro da Corte, esta destinada a conceder empréstimos sob penhor, que serviu como uma concorrente para as outras instituições que não firmavam garantias reais aos clientes ou àquelas que cobravam juros elevados dos devedores.

A primeira agência da Caixa Econômica Federal foi inaugurada no dia 04 de novembro desse mesmo ano, em um local onde funcionava anteriormente a Cadeia Velha, no Palácio Tiradentes, no Rio de Janeiro e cujo presidente foi o Visconde de Albuquerque.

                       

1931: Carteira Hipotecária

Visconde de Albuquerque.Após setenta anos de sua inauguração e com toda experiência já adquirida, A Caixa Econômica começou a fazer empréstimos consignados para pessoas físicas e operações de carteira hipotecária quando da aquisição de bens imóveis.

1934: Empréstimos sob penhor

Nesse ano e por ordem do governo federal, a instituição passou a ser um agente exclusivo na concessão de empréstimos sob penhor. Com isso foram extintas as casas de prego que eram operadas por pessoas comuns.

1986: Financiamento da Casa Própria

Casa de penhores.A Caixa Econômica incorporou o Banco Nacional da Habitação – BNH , e passou a ser o maior banco de financiamento da casa própria, como também, a instituição financiadora para a execução do desenvolvimento urbano, principalmente para o saneamento básico. Nesse ano, ainda, a Caixa passou a ser o agente operador do Fundo de Garantia de Tempo de Serviço – o FGTS, que era anteriormente administrado pelo BNH.

1989: Recolhimento de FGTS

As contas que recolhiam o FGTS nas outras instituições foram centralizadas na Caixa, que passou a administrar todo o recolhimento do fundo, bem como, de efetuar o pagamento de valores aos trabalhadores.

Matriz da Caixa Econômica Federal em Brasília

Nestes 150 anos de atuação, a Caixa foi testemunha de muitos acontecimentos históricos do Brasil, como as mudanças de regimes políticos e também sendo parceira para o financiamento do processo de urbanização e incentivadora do desenvolvimento industrial do país. Passou a ter relacionamento próximo com o povo, fornecendo-lhe condições financeiras rápidas através da poupança, empréstimos, FGTS, PIS, seguro desemprego, crédito educativo, financiamento de casas e transferência de benefícios sociais. Além de que, possibilitou também à população, sonhar com uma vida melhor, tentando a sorte numa loteria, o que vem acontecendo desde 1961.

Hoje

A Caixa, então, tornou-se grande. Os serviços foram ampliados e passou a atender também os correntistas, trabalhadores, beneficiários de programas sociais e apostadores. Tem aproximadamente 50 milhões de clientes e 37 e sete milhões de cadernetas de poupança, equivalendo a 31% das cadernetas do país.

Enquanto mantiver as atribuições que lhe são conferidas, a Caixa deverá continuar como sendo o banco da maioria da população do Brasil.

Saiba mais sobre a Caixa Econômica Federal

Nenhum voto, seja o primeiro



Adeni
24/04/12


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook