Imunidade baixa como tratar

Defesa do corpo contra as bactérias, vírus e infecções, o sistema imunológico é a garantia de resistência aprenda como tratar.

menino com resfriadoO sistema imunológico humano é composto por uma complexa rede de órgãos, tecidos, substâncias e células, que têm a responsabilidade de proteger o nosso corpo de possíveis doenças e infecções. Portanto é preciso tratar o mesmo para que não corra certos riscos gerados por bactérias. As células do sangue, os leucócitos, que formam os glóbulos brancos, têm a função de combater os agentes invasores causadores de doenças e captar os microrganismos estranhos que adentram em nosso corpo, além de produzir anticorpos contra as doenças.

Entretanto, alguns fatores tem a capacidade de diminuir a quantidade destas células de defesa no sangue, deixando o nosso organismo mais suscetível a doenças e desprotegido de parasitas e bactérias. O corpo humano está em constante ataque de milhões de bactérias, fungos, vírus e microrganismos que desejam atacar diante a um caso de imunidade baixa, portanto é necessário tratar a mesma. Alguns são benéficos para o nosso organismo, mas outros trazem consigo males que causam infecções no corpo e a melhor defesa contra eles é o bom funcionamento do sistema imunológico.

                       

Imunidade baixa sintomas

Mulher com gripeHá, em nosso corpo a presença do sistema imunológico a “imunidade” assim mais conhecida, com a capacidade de lutar contra todos esses invasores e são eles que irão lutar ao máximo para que o seu corpo não desenvolva uma infecção. Se você é uma daquelas pessoas que ficam doentes com facilidade, isso é um sinal de que você pode estar com o seu sistema imunológico em déficit, ou seja, com a imunidade baixa.

Os principais sintomas de que a sua imunidade está baixa são gripes frequentes, infecções recorrentes de outras pequenas infecções que se tornam mais sérias e outros que aparecem com mais frequência diante a imunidade baixa. Se você pega infecções facilmente, isto significa que sua imunidade está baixa e é preciso tratar para que não se torne uma doença mais séria.

Imunidade baixa tratamento

Homem tomando suco de laranjaPara tratar a imunidade baixa ,médicos sugerem dietas com alimentos ricos em nutrientes e vitaminas, pois aumentam a capacidade do organismo e das células brancas do sangue para a destruição de possíveis agentes invasores. A Vitamina A fortalece e pode tratar a imunidade baixa, principalmente quando o assunto são viroses infantis, a Vitamina C estimula os glóbulos brancos a se reproduzirem no organismo.

A Vitamina E tem a capacidade de aumentar a imunidade baixa em idosos e as vitaminas do Complexo B aumentam a atividade dos anticorpos na luta contra agentes invasores, consumindo estas vitaminas ficará mais fácil de tratar este problema causador de grandes incômodos e até infecções. Quando a imunidade de um corpo está muito baixa, é recomendada a consulta a um médico especialista no assunto, que poderá lhe indicar meios eficazes para tratar deste déficit no seu organismo.

Como evitar imunidade baixa

A imunidade baixa apresenta seus sintomas no corpo humano devido principalmente à falta de vitaminas no nosso corpo. Para evitá-la, o consumo de vitaminas e alimentos saudáveis é imprescindível. A prática de exercícios físicos regularmente fortalece o sistema imunológico, pois ao praticarmos algum tipo de exercício físico vários hormônios são produzidos no nosso corpo, inclusive os que aumentam a nossa imunidade.

O consumo de frutas, verduras e legumes é indispensável para um bom funcionamento do organismo e consequentemente do sistema imunológico.

A prática de exercícios físicos aliada a uma alimentação rica em vitaminas deixará o seu corpo mais saudável e consequentemente evitará a imunidade baixa. Estas são as formas mais viáveis e fáceis de se tratar dos problemas imunológicos.

Veja mais sobre imunidade baixa como tratar neste vídeo do Canal do Portal Zun no Youtube:

https://youtube.com/devicesupport

Saiba mais sobre imunidade

3 votes



Thaís
30/07/11



Vídeos Relacionados

Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook