Jovens no mercado de trabalho no Brasil

Mesmo com alguns obstáculos, a entrada de jovens no mercado vem crescendo com a ajuda das empresas privadas e de programas públicos.

jovensOs jovens brasileiros estão adentrando cada vez mais ao mundo do curso superior, pois a procura por um bom emprego e a realização profissional e pessoal é o que mais motiva os jovens estudantes. Os jovens estão procurando se aperfeiçoar em diversas áreas de atuação, melhorando assim as chances de ingresso bem sucedido ao mercado de trabalho. Entretanto, mais da metade dos jovens brasileiros ainda está desempregada e muitos acabam procurando emprego no exterior, já que muitos países apresentam quadro de trabalho favorável à mão de obra jovem, enquanto no panorama nacional vários fatores afetam a entrada de jovens no mercado de trabalho.

Realidade brasileira

jovem procurando emprego em classificadosOs jovens de baixa renda começam a trabalhar desde cedo, mas a Lei Trabalhista permite o trabalho do adolescente a partir dos 16 anos de idade, com carteira assinada com  salário proporcional à jornada de trabalho e garantia de acesso do trabalhador adolescente à escola. Cerca de 27% dos jovens com emprego ganha entre 1 e 2 salários mínimos e 57% do salário trabalha para ajudar no orçamento familiar e a jornada de trabalho varia entre 10 horas a 5 horas diárias. Jovens cursando nível superior ou que já estão formados têm mais sucesso do que jovens que não têm condições de cursar um nível superior. As estatísticas apontam que cerca de 82% dos estudantes graduandos estão trabalhando com remuneração.

                       

Atualmente, vários programas brasileiros intermediam a entrada de jovens no mercado de trabalho, Os mais conhecidos são Programa Jovem Aprendiz, Aprendiz Legal e o Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Pro-Jovem), que destaca-se nas variantes Pro-Jovem Adolescente, para jovens de 15 a 17 anos, Pro-Jovem Urbano, Pro-Jovem Campo e Pro-Jovem Trabalhador para estudantes de ensino fundamental e médio. Além destes, programas em empresas privadas visam a inserção de jovens no mercado de trabalho através de programas de estágios e trainnees para jovens que estejam cursando o ensino técnico ou superior.

1 voto



Thaís
25/10/11



Vídeos Relacionados

Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook