Livro Amar Verbo Intransitivo resumo

Amar, Verbo Intransitivo, altera o conceito gramatical da palavra amor de acordo com as experiências vividas por Fraulein e Carlos.


Mário de Andrade lendoA obra de Mário de Andrade escrita em 1927 pertence à primeira fase do Modernismo. Muito lida para trabalhos em faculdades o título aborda várias temáticas, como o uso da linguagem oral do povo brasileiro, a crítica à burguesia e ao clero, a utilização da teoria freudiana, na qual o protagonista tem a namorada como mulher, mas também como mãe, a defesa da profissão de Elza entre outros.

Vamos conhecer mais sobre esse livro de Mário de Andrade.

         

O acordo

O livro se inicia com o fazendeiro Souza Costa contratando Elza (Fraulein), uma professora alemã, para iniciar a vida sexual de seu filho Carlos. Numa terça-feira, eles chegam à casa e são recebidos por Dona Laura, mãe do menino que, desconhecendo o acordo, acha que Elza havia sido contratada para ser governanta e professora de alemão. Assim começam as aulas de alemão para Carlos e suas outras três irmãs Maria Luísa, Laurita e Aldina.

Aproximação

Capa do livro "Amar verbo intransitivo".De início Carlos se afasta de Fraulein, mas depois que seus impulsos físicos começam a aparecer, ele começa a ter afinidades com a governanta, é o momento em que Dona Laura conversa com Fraulein e descobre toda a verdade. A mãe acaba aceitando a situação imposta pelo marido e Carlos começa a frequentar o quarto da professora todas as noites.

Flagra

Souza Costa percebe que Fraulein já concluiu o seu acordo e arma um flagra. Numa noite entra de surpresa no quarto e encontra-os juntos, Carlos fica muito triste porque já tinha aprendido a amar Fraulein.

Fim

O pai conta ao filho sobre o acordo, Fraulein segue para outra casa, agora do aluno Luís, e em uma tarde de carnaval encontra Carlos. Tenta chamar a atenção jogando-lhe uma serpentina, mas o garoto apenas a cumprimenta com a cabeça. Elza sente-se triste, mas se convence que á apenas professora do amor.

O título já nos mostra que o amor não será concretizado entre ambos, pois o verbo amar, em sua essência, é transitivo direto e no livro ele é tratado como intransitivo, o que justifica todos os acontecimentos.

0 voto





Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook
  1. Acho que poderia ter sido mas completo o resumo… Não que o pouco que tem não tenha me ajudado, mas uma coisa mais completa ajudaria a entender melhor o que o romance tenta passar… Mas pra quem leu o livro ta bom.

    crislene
    29/09/13 às 15:21

X
Curta a página