Mães de filhos hiperativos

Conheça mais sobre a hiperatividade e saiba como as mães de filhos hiperativos lidam com isso auxiliando e respeitando seus limites.

Mães de filhos hiperativos.

Ser mães de filhos hiperativos não é tarefa fácil, muitas mães encontram dificuldades na hora de educar seus filhos e botar ordem em casa. A hiperatividade é um comportamento que pode ser percebido antes mesmo da criança nascer, no ventre a mãe já sente que o bebê se mexe fora do normal, mesmo em período de descansos de ambos. Os comportamentos de filhos hiperativos se definem como  atividade ininterrupta vinte e quatro horas por dia, mesmo dormindo a criança continua ativa, se mexendo, falando ou tendo espasmos.

                       

O transtorno de déficit de atenção e hiperatividade é uma doença neuropsiquiátrica e quando não diagnosticada e nem tratada corretamente pode se tornar um tormento para a criança e para seus pais. É comum as mães confundirem filhos ativos, com hiperativos, porém há diferença na hora do descanso, a criança aparenta tranquilidade e dorme bem durante a noite. Já os filhos hiperativos são agitados até mesmo na hora de dormir e relutam a querer descansar ou parar de se mexer ou chorar.

O que é um filho hiperativo?

Muitas mães têm muitas dúvidas  na hora de procurar uma orientação sobre seu filho com possíveis sintomas de hiperatividade. Filhos hiperativos requerem atenção redobrada, principalmente  os bebês: o menor descuido eles sobem em móveis, derrubam objetos entre outras ações que podem atentar contra sua própria vida. Além disso, os hiperativos apresentam agitação na hora de falar e muitos falam compulsivamente, não respondem ao que é ensinado e tem dificuldades ao fazer novas amizades.

criança suja

As mães são chamadas na escola por conta dá má indisciplina diariamente. Os hiperativos tem dificuldade em manter atenção por muito tempo, em ficarem quietos, encarando com agressividade e choro quando discordados.

As mães devem ver seus filhos hiperativos como pessoas que necessitam mais amor e atenção, gritos e irritações com as crianças fará com que aumente ainda mais seus problemas, a agitação e os nervosos. As mães em especial por passarem mais tempo com seus filhos devem ser pacientes, isso também cabe também aos pais, a conversa e atenção os filhos hiperativos de maneira correta entrando em suas brincadeiras podem fazer bem e melhora do quadro da doença.

Como diagnosticar a hiperatividade?

Para a confirmação do diagnóstico de filhos com hiperatividade, é necessário que as mães procurem uma orientação de um pediatra ou psicólogo. Através da consulta  esses profissionais irão diagnosticar os filhos de maneira precisa, os sintomas apresentados por filhos hiperativos são:

A desatenção, desorganização de brinquedos, roupas entre outros, dificuldades em perceber detalhes importantes do dia a dia,  relutância em aprender algo novo, distração e desapego com objetos como brinquedos, inquietação e irritabilidade com as mães e outras pessoas são sintomas mais importantes para um diagnóstico em casa.

mãe e criança estudando

A grande maioria de filhos diagnosticados como hiperativos são do gênero masculino, pesquisas e estudos comprovam que filhos com (TDAH) sofrem influências de fatores genéticos e possivelmente levarão essas características ao longo de sua vida, com acentuadas melhoras quando as mães realizam o tratamento de maneira correta.

Tratamento para a hiperatividade.

É importante que depois de diagnosticado a hiperatividade, seja iniciado o tratamento pelas mães sendo imposto limites a criança. As mães devem ressaltar várias vezes o que foi dito com paciência, sempre que o filho realizar uma tarefa corretamente elogiar e acarinhar, descartar tudo que for poluição visual em seu quarto para evitar confusões e distrações. As mães também devem desenvolver tarefas com seus filhos, sempre incluindo brincadeiras prazerosas no aprendizado.

Nas refeições evitar pratos de vidros e objetos que possam ferir-lhe, filhos com hiperatividade derrubam tudo com muita facilidade devida sua agitação constante. O incentivo das mães para a aprendizagem de música e as outras artes também é super bem-vinda, pois a criança começa a estabelecer regras e limites a situações novas.

É importante também o papel da escola para a manutenção do tratamento para hiperatividade, o professor deve manter o aluno nas primeiras carteiras para evitar distrações e contribuir mais com o aprendizado da criança e satisfação das mães. Em casa o tratamento das mães para com os filhos hiperativos deve ser realizado com muito carinho.

crianças andando de bicicleta

Realizar atividades junto com os filhos pode ser positivo. Segundo pesquisas, a prática de esportes ajuda muito as crianças hiperativas a gastarem energia, dando melhor resultado na hora de prestarem mais atenção e ter uma noite mais calma de sono.

É importante que principalmente as mães  fiquem atentas a seus pequenos hiperativos e ao novo ritmo da casa, com carinho e compreensão a criança cresce mais segura e com mais estímulo para aprender o que é melhor.

Confira um pouco mais no vídeo abaixo do Youtube sobre como saber se uma criança é hiperativa.

Como saber se uma criança é hiperativa?

Nenhum voto, seja o primeiro






Vídeos Relacionados

Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook