Marchinhas de carnaval mais famosas

As marchinhas são grande atração do carnaval brasileiro há muito anos, conheça as mais famosas delas e suas principais informações.

Ilustração carnavalescaO carnaval oferece ao público diversas atrações que animam e trazem alegria aos corações, as marchinhas são uma delas. Receberam predominância no carnaval do Brasil desde os anos vinte até os anos sessenta do século XX, ao longo dos tempos, foram renovadas, aumentando assim a variedade de letras presente nesta data carnavalesca.

A primeira foi criada no ano de 1899, desde este ano, repercutiu e junto com as demais que foram surgindo tornaram-se um estilo musical brasileiro. Conheça as marchinhas mais famosas do carnaval brasileiro:

                       

Turma do Funil

Esta marchinha foi inaugurada no ano de 1956 por Mirabeau M de Oliveira e Urgel de Castro e no ano de 1980 foi regravada por Tom Jobim e Miúcha. Sua letra é para aqueles que se divertem sem limites durante a folia no carnaval, sem se importar com os problemas, mas mesmo assim “não dormem no ponto”.

Mamãe Eu Quero

Máscara carnavalescaSua primeira gravação foi no ano de 1937, por Jararaca e Vicente Paiva, depois foi regravada por Carmem Miranda em 1941. A letra que ficou popularizada para os carnavais de todos os tempos, ironiza um “bebê pedindo a chupeta para a mamãe”.

O Teu Cabelo Não Nega

A letra desta marchinha ganhou vida no ano de 1932, sendo de autoria de uma dupla pernambucana, a qual passou para as mãos de Lamartine Babo, que lhe deu um toque mais carioca. A letra engrandece as mulatas, não só pela cor dos cabelos, mas pela beleza e charme natural.

Abre Alas

Abre AlasMaior sucesso da época em que foi lançada e que está presente até hoje no carnaval, fazendo o povo dançar e se divertir. Escrita por Chiquinha Gonzaga em 1889, sua letra traz o pedido de abrir alas, ou seja, dar passagem para que a turma carnavalesca possa passar.

Saca Rolha

Escrita por Zé da Zilda, Zilda do Zé (casal) e Waldir Machado, foi uma marchinha de grande repercussão na data carnavalesca de 1954. Sua composição fala sobre as pessoas que festejam e deixam as águas rolarem nas festas de carnaval.

Essas são algumas das marchinhas mais famosas, tocadas e ouvidas no carnaval do povo brasileiro.

Assuntos Relacionados

Nenhum voto, seja o primeiro





Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook