Menstruação irregular o que pode ser

O famoso atraso nem sempre é sinônimo de gravidez. No artigo, algumas das possíveis causas da inesperada menstruação irregular.

Mulher deitada

Durante toda a fase reprodutiva da mulher, o intervalo, a duração e até mesmo a intensidade do fluxo menstrual acabam sofrendo modificações e algumas variações que podem ser acentuadas por diversos fatores, como por exemplo, o estresse, mas a maioria se mantêm similar. A menstruação irregular costuma aparecer quando é bruscamente alterada em duas situações especiais: a primeira ocorre nos dois ou três primeiros anos posteriores a menarca que é a primeira menstruação; e a segunda é durante os nove meses do período.

                       

Fora essas datas em especial, qualquer falha nos ciclos menstruais não são consideradas normais; por isso, é preciso tomar muito cuidado e começar uma investigação clínica.

Sistema reprodutivo

Ansiedade da TPMOs ciclos menstruais são o espelho da produção de hormônios sexuais femininos; por isso, quando há alguma irregularidade na menstruação acaba por refletir no processo de ovulação. Muitos casos de infertilidade estão relacionados com o desequilíbrio hormonal, mas não é somente por causa disso que as mulheres sentem dificuldades para engravidar. Alterações na menstruação também costumam indicar a presença de tumores no ovário e miomas no útero, sendo necessários procedimentos cirúrgicos para a retirada e prevenção de possíveis complicações.

Quando ocorre um sangramento ou atrasos frequentes na menstruação, é possível observar uma falha do nosso organismo na produção de determinado hormônio sexual; por isso, é indicada uma avaliação clínica com um ginecologista para identificar a falta e o excesso dos hormônios, sendo solicitado também um exame de dosagem hormonal para descartar a possível presença de cistos e tumores que também costumam causar problemas no fluxo menstrual.

Tratamento

Apreensão na TPMIndependente da causa, o tratamento é sempre recomendado, pois possíveis problemas podem impedir uma gravidez desejada, além de aumentar os riscos de câncer no útero, além de culminar a menopausa precoce.

Com o passar do tempo e caso nada seja feito, as mulheres poderão sofrer com doenças como osteoporose, colesterol alto e doenças cardíacas, além do sobrepeso, oleosidade da pele, espinhas, inchaços, edemas e excesso de pelos.

Como há várias disfunções que causam os desajustes hormonais, os tratamentos disponíveis no mercado também variam e precisam ser personalizados. Os médicos recomendam a ingestão diária de comprimidos que ajudam a regular o fluxo menstrual, mas o medicamento deverá levar em conta a causa da falha hormonal e também os objetivos de vida da paciente.

Atualmente no mercado o que não faltam são opções terapêuticas que ajudam a manter o equilíbrio hormonal no organismo; e as alternativas são as mesmas encontradas para as mulheres que entram na menopausa, podendo ser medicamentos naturais que são feitos constituídos por moléculas idênticas do organismo da mulher e não naturais que são produzidas por moléculas que não existem no organismo humano e que ajudam a equilibrar qualquer falha na produção de hormônios.

1 voto



Thaís
21/06/11


Mais informações por email.