Picadas de insetos em bebê

Para proteger o seu bebê das picadas de insetos é preciso seguir alguns cuidados básicos para manter a saúde dos pequenos em dia.

Mãe passando pomada em picada de inseto de bebê

Não é preciso viver próximo a uma floresta para correr o risco de levar uma picada de insetos, pois nas ruas e até mesmo dentro de casa, nos deparamos diariamente com vários deles que podem nos picar de repente.

                       

O verão é a estação desses animais, por isso os cuidados devem ser redobrados, principalmente quando se tem crianças pequenas, pois elas possuem a pele sensível e algumas apresentam até alergias as picadas.

Os insetos que costumam aparecer são os pernilongos, vespas, formigas, marimbondos e abelhas. Aprenda o que fazer se o seu bebê for picado por insetos.

Como proteger os bebês

O uso de repelente específico para crianças é essencial, além de ser uma maneira simples de prevenir as picadas. Entretanto, o produto só pode ser usado a partir dos 6 meses de idade, em caso de dúvidas, visite um dermatologista, pois há casos de que o uso de repelentes é liberado aos 3 meses de idade. No caso de reação alérgica ao repelente, use véus no berço como proteção.

Como cuidar de picadas comuns

Perna de bebê picada por insetoSe mesmo com todo o cuidado e prevenção o seu bebê não escapar das famosas picadas de formigas, mosquitos e pernilongos, caso de picadas comuns, o ideal para aliviar a coceira e diminuir o inchaço é fazer compressas de água fria ou gelo e utilize pomadas específicas para aliviar dor, coceira, infecção e irritação, mas lembre-se de pedir orientação ao médico pediatra. Lembre-se também de manter as unhas da criança sempre bem curtas para não arranhar muito e causar uma ferida.

Como cuidar de picadas com ferrão

Já se a picada for de abelha, vespa ou marimbondo, tente tirar o ferrão, mas não aperte com as unhas e não use a pinça, use uma superfície dura e reta. Depois lave o local com água em abundância e sabão, passe pomada específica para aliviar a dor e irritação e se precisar dê um analgésico indicado pelo pediatra.

Os casos em que a criança apresenta alergia os cuidados devem ser redobrados, assim como se a picada não cicatrizar, procure o médico pediatra ou dermatologista.

 

Nenhum voto, seja o primeiro



Thaís
13/03/12


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook