Planos econômicos do governo Sarney

História de José Sarney e os seus planos de combate à inflação e desestabilidade econômica. O fracasso e a herança deixada.

José Sarney

José Sarney foi vice-presidente, sucessor de Tancredo Neves quando de sua morte. Apoiou o regime militar, votando contra a emenda Dante de Oliveira que aprovaria eleições diretas em 1985. Assumiu a presidência com o Brasil arruinado, pois devido ao regime militar recebeu uma inflação altíssima, desemprego, miséria e dívida externa sem tamanho.

                       

Sarney nasceu em 24 de abril de 1930, sendo político e escritor. É Membro da Academia Brasileira de Letras, o 31° Presidente do Brasil, Governador do Maranhão e Presidente do Senado de 1995 a 1997, de 2003 a 2005, de 2009 a 2011 e de 2011 até hoje.

Plano Cruzado

Notas de cruzadoEm março de 1986, foi decretado o Plano Cruzado para combater a inflação, devolvendo a estabilidade à economia. O plano trocou a moeda Cruzeiro pelo Cruzado, com um corte de três zeros. Os preços e os salários foram congelados, sendo corrigidos todo ano ou quando a inflação atingisse 20%. A correção monetária deixou de existir e foi criado o Seguro desemprego. A população apoiou e fiscalizaram os preços, atingindo suas metas a inflação caiu, bem como o desemprego e o poder aquisitivo cresceu, porém esse sucesso foi rápido, em poucos meses o plano já falhava. Produtos sumiram das prateleiras, iniciando a cobrança de ágio, isto é, pagar a mais pelo preço do congelamento.

Plano Cruzado II

Sarney festejando no congressoNo mesmo ano, após as eleições entrou em vigor o Cruzado II, os preços foram congelados novamente muito acima do valor real. A inflação retornou a níveis elevados.

Plano Bresser

Em junho de 1987, outro plano econômico foi decretado, o Plano Bresser que vinha para tentar equilibrar as contas públicas, as atitudes permaneceram as mesmas, congelamento de preços e salários por três meses.

Plano Verão

Em 1987 o Ministro da Fazenda Maílson da Nóbrega coordenou o Plano Verão. Novo congelamento e a criação do Cruzado Novo.

Sarney finda o seu mandato em meio a tentativas fracassadas e a forte crise financeira no país.

1 voto


Adeni
07/12/11


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook