Plantas contra mau olhado

As energias negativas são inevitáveis, como a inveja, popularmente conhecida como mau olhado. Algumas plantas servem como amuletos.


Mulher com olhar ruimNo Brasil de lendas e crendices, acredita-se que pessoas possam fazer mal as outras através apenas de forças negativas, podendo fazer com que a vítima fique até doente. Segundo especialistas, essa troca de energias para o bem ou para o mal ainda não é aceita pela medicina, embora explicações existam para origem de doenças ou sofrimentos que fogem dos padrões médicos. Mas há quem afirme que tendo uma planta em casa é o suficiente para ter sorte e espantar o mau-olhado ou olho gordo, como preferir.

Pesquisadores afirmam que as plantas têm sentimentos, guardam informações como os seres vivos, têm memória e seu próprio sistema nervoso e até gostam de música.
Se quem cuidar delas tiver bons pensamentos e for alegre, conseguirá bons resultados no seu jardim. Mantendo sintonia com quem cuida delas, estão sempre de “olho aberto” com tudo que as rodeia. Sendo assim, há quem acredite que elas têm o poder de atrair a boa sorte ou afastar o mau-olhado. Veja algumas das mais poderosas:
Espada de São Jorge

         

Espada de São Jorge

É uma planta rústica e forte, é resistente ao frio e ao calor. Usada na parte interna e externa da casa garante que os locais fiquem seguros de malefícios, afastando os inimigos.

Pimenteira

PimenteiraDiz-se que, num ambiente ruim ela chega a ficar seca, servindo então como aviso para o mau agouro. É uma planta que prefere o sol.

Arruda

ArrudaSão antigos os relatos de ser uma erva protetora. Utilizada para combate às “más vibrações”. Algumas pessoas as usam atrás da orelha ou para chá medicinal.

Para ajudar a resolver a maioria dos problemas, existe o vaso de sete ervas, uma combinação de várias dessas plantas e ainda outros nomes como comigo-ninguém-pode, manjericão e guiné, que garantem espantar qualquer energia negativa. Muitas lojas já vendem o vaso pronto ou pode ser montado em casa.

0 voto



Adeni
05/12/11


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook

X
Curta a página