Profissões antigas que deixaram de existir

A história de profissões que fizeram história e deram a sua contribuição para a construção, produção e modernização do mundo.

Fotógrafo lambe-lambeNunca em tão pouco tempo, muitas coisas mudaram ou simplesmente caíram em desuso. O avanço tecnológico, em todos os setores da sociedade, promove mudanças e todos têm que se atualizar porque, senão, acabam ficando para trás.

Por causa desse ritmo acelerado, muitas profissões, antes importantes e necessárias acabaram sendo substituídas ou, simplesmente não existem mais, conheça alguma delas.

                       

Profissões de empresas

Você conhece alguma delas?

TelegrafistasTelegrafista

Era o que transmitia e recebia mensagens através do Código Morse. Com transmissão a cabo, foi o primeiro meio para comunicação à distância, atravessando oceanos.

Telefonista

Era a profissão que efetuava ligações telefônicas manualmente e a pedido da pessoa que iria telefonar. Perdeu a sua importância com os modernos meios de comunicação.

Guarda-chaves

Vigiava a chegada dos trens e também manobrava as chaves dos trilhos para o desvio dos trens.Datilógrafo

Linotipista

Ainda hoje conserva um pouco a sua atividade em tipografias para impressão de papéis. A impressora offset, com o tempo, tomará o seu lugar.

Pianista de Cinema

Tocava piano para dar fundo musical aos filmes do cinema mudo de antigamente e deixar a plateia mais motivada para a sua exibição.

Datilógrafo

Depois da vinda do computador e da impressora, praticamente inexiste com sua máquina de datilografia e suas páginas com carbono para duas vias.

Profissões liberais

Profissionais que estavam sempre atendendo ao público:

Homem do RealejoConsertador de Guarda-chuva

Consertava o que na época era considerado objeto de luxo e fazia parte do cotidiano das pessoas. Hoje em dia, produzidos em série e em grandes quantidades, seus preços são baixos e, se quebrou, compra um novo.

Homem do Realejo

Era aquele do periquito adestrado que saia da gaiola e retirava com seu bico um papelzinho com uma mensagem para as pessoas, hoje se tornou apenas uma figura folclórica.

Fotógrafo lambe-lambe

Com sua máquina num tripé, registrava as famílias, namorados e solitários. Profissão hoje praticamente extinta.

Antigas, mas deixaram lembranças com os seus trabalhos.

8 votos



Adeni
13/12/11


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook
    não vou falar meu nome para uma maquina - 25/10/2013

    foi meio uma boa lista mais eu precisava de 10 q realmente não existissem mais n tipo algumas q estão nessa lista q estão quase extintas '-'

    matheus henrique faria frança - 08/03/2013

    valeu pela ajuda gente