Púrpura doença autoimune

A púrpura é uma doença autoimune que embora não seja grave, causa grandes perturbações estéticas. Entenda um pouco mais sobre a doença.

Pessoa com a pele manchadaA púrpura é uma doença autoimune que se caracteriza pela presença de sangue além dos vasos sanguíneos na pele ou nas mucosas.

Sendo a pele um pouco transparente, a púrpura aparece como uma mancha roxa, variando de tamanho conforme o sangue extravasa, pode aparecer pequenas manchas em número elevado chamadas de petéquias ou grandes, chamado de púrpura. Surge em qualquer parte do maior órgão humano, a pele, sendo mais comuns nas mãos e braços por serem áreas descobertas.

                       

Como surgem

Pequenas manchas vermelhas na peleSurgem ao se romper os capilares, que são diminutos vasos sanguíneos, ocasionados por algum traumatismo na pele ou nas mucosas. Nas crianças e em mulheres, a púrpura aparece nas pernas e coxas, resultantes de pequenos traumatismos ou não, podendo atingir até 5 cm de diâmetro. Mesmo numa injeção intramuscular ou na doação ou coleta de sangues ela pode aparecer.

Sintomas

Além das manchas, sangramento nas gengivas, na boca, no nariz ou perda de sangue nas fezes e na urina e demora de coagulação em pequenos machucados.

Diagnóstico

Dermatologista observando pinta em pacienteO médico verifica se a mancha é única ou existem outras. Essas hemorragias na maioria das vezes ficam limitadas à púrpura, caso contrário, são realizados exames das plaquetas para verificar sua contagem no sangue. No caso de alguma deficiência no número de plaquetas, o médico irá procurar a causa dessa diminuição. A deficiência da função dessas plaquetas pode ter origem genética ou ser adquirida.

Tratamento

Mulher observando pele no espelhoO tratamento está sempre ligado à causa de origem da manifestação. Cremes ou pomadas facilitam a reabsorção do sangue extravasado, diminuindo o tempo de evolução das manchas, variando sua coloração, indo do roxo ao marrom e amarelo, antes de sumirem. Em casos mais graves os corticoides são receitados para os adultos.

Pessoas com pré-disposição à púrpura devem evitar as práticas esportivas ou qualquer outra que possa haver traumas ou impacto. Sendo a consulta médica importante para o caso, não fique na dúvida, faça todo o tipo de pergunta possível sobre essa manifestação.

Artigos relacionados

Nenhum voto, seja o primeiro



Adeni
15/02/12


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook
  1. Olá .. Tenho quase 25 anos e desde sempre sofro desse problema, aqui na minha cidade ela é conhecida por outro nome mas ninguém sabe nada dela! Sou vaidosa e é horrível prá mim sair de casa com hematomas enormes pelo corpo. Pior ainda é os olhares das pessoas… Sou noiva e até os amigos e conhecidos mais próximos me olham desconfiados, como se eu tivesse sido agredida! Mesmo eu explicando muita gente não acredita. Se eu tiver qualquer raivazinha por exemplo já me aparecem as manchas… Muito ruim passar por isso e não saber e/ou não ter o que fazer! Obrigada à todos pelo

    Janiele
    15/02/14 às 20:02
  2. Uma vez um médico me falou que toda doença autoimune tem fundo emocional. Fora isso, já li vários artigos que corroboram a informação dada pelo médico. Então, acredito que sim, pode ter sido desencadeada por estresse. Talvez a pessoa ja tenha que ter uma predisposicao para isso acontecer. Mas como reverter, eu não sei!

    Eu
    22/03/13 às 22:40
  3. alguém pode me responder se a purpura pode se desencadea pós um estreese emocional ??

    Davi
    02/02/13 às 3:03