Resumo dos sintomas de depressão

Conheça alguns sintomas da depressão, uma das doenças mais comuns da atualidade. Ela pode aparecer em diferentes situações. Confira.

Palhaço tristeConsiderada a doença do século, seguida do estresse, a depressão atinge uma grande parte da população, independente de gênero ou idade. É um distúrbio psicológico que traz sentimentos negativos, de tristeza profunda, desmotivação e falta de vontade de viver. São sintomas pesados e que podem levar o paciente à quadros quase que irreversíveis.

Mas é uma doença que tem tratamento, que é feito através de medicamentos e terapias. Conheça um pouco mais sobre os sintomas da depressão.

                       

Sintomas de depressão pós parto

Uma situação comum em que a depressão aparece é logo após o nascimento do bebê. A mãe, diante de uma nova situação, da grande responsabilidade da maternidade, acaba entrando num estado de choque, principalmente quando a criança foi gerada numa situação delicada, como fora de um relacionamento estável ou ainda na adolescência.

Mãe com bebê no colo se olhando em espelho

A depressão pós parto pode acontecer logo após o nascimento do bebê ou em até um ano depois. Normalmente acontece nos três primeiros meses de vida da criança.

Alguns dos sintomas da depressão pós parto são:  Sentimentos negativos em relação ao bebê, pensamentos sobre suicídio, pensamentos sobre como se livrar do bebê, irritação, falta de apetite, sensação de inutilidade, de desamor, dificuldade para trabalhar ou se concentrar, insônia, sensação de coração apertado, medo de ficar sozinha com o bebê, não ter interesse pela criança e tristeza profunda.

A depressão pós parto tem os sintomas parecidos com qualquer outro tipo de depressão, como a tristeza e desmotivação. Pode aparecer ainda a vontade de querer machucar o bebê. Por mais assustador que pareça, pode acontecer com muitas mães. Por isso é importante o apoio da família, amigos ou companheiro. A presença de um outro alguém é também indispensável, protegendo assim a criança e a mãe.

Sintomas de depressão na adolescência

Adolescente com depressão

A adolescência é uma fase intensa na vida de qualquer pessoa. É nessa época que as descobertas começam, assim como as responsabilidades. As novas experiências podem assustar algumas pessoas, principalmente aquelas que não têm uma boa base familiar ou mesmo psicológica.

O amor não correspondido, a dificuldade na escola, a exclusão no grupo escolar e/ou familiar, etc. Essas são algumas das causas que levam os jovens à depressão na adolescência.

Os sintomas são em geral parecidos com os demais quadros da doença. Entre os adolescentes, os principais sintomas da depressão são: Sentimento de culpa ou inutilidade, dificuldade de concentração, diminuição ou perda do apetite, desenvolvimento de doenças alimentares, como bulimia ou anorexia, agitação exagerada ou apatia, insônia, estado de tristeza profunda quase que o tempo todo, pensamentos suicidas, fadiga, isolamento social, entre outros.

Nessa fase, a influência da família conta muito para a saúde do adolescente. Pais depressivos ou que vivem em constante desentendimento podem acabar contribuindo para um quadro depressivo do filho. É preciso prestar muita atenção em todos os sintomas e tentar identificar se o jovem apresenta qualquer tipo de distúrbio psicológico.

Sintomas de depressão em idosos

Idoso sentado em banco

A idade avançada traz muitas consequências, sejam elas positivas ou negativas. A depressão pode também aparecer nessa fase da vida, quando para algumas pessoas a morte pode parecer mais próxima. A solidão, a indiferença, a saúde debilitada, a vida parecendo mais curta, enfim. Para alguns idosos, a velhice é sinônimo de tristeza, de fim. É aí que a depressão aparece e pode provocar danos terríveis.

Além da tristeza profunda, sintoma comum em qualquer quadro de depressão, os sintomas comuns entre os idosos são: Pensamentos suicidas, sentimento de inutilidade, insônia, perda de apetite, entre outros.

O pior sentimento é o de abandono ou a sensação de incômodo para o resto da família, como se o idoso fosse um fardo a ser carregado. Ninguém quer ser  o peso de ninguém. Muitas pessoas entram em depressão nessa fase da vida por inúmeros motivos, principalmente quando a família o faz sentir-se excluído, indesejado, não amado.

A depressão, seja em qualquer fase da vida, tem tratamento e deve ser tratada o quanto antes, pois pode se desenvolver outros problemas de saúde. O paciente precisa querer se curar acima de tudo, pois muitos chegam em um ponto que não acreditam numa possível cura. O acompanhamento é feito por psicólogos e psiquiatras. O tratamento pode durar a vida inteira, mas não deve ser abandonado sem prescrição médica, assim como nenhum medicamento pode ser ingerido sem a mesma.

Saiba como reconhecer sintomas de depressão através de um vídeo do Youtube que selecionamos:

Saiba como reconhecer sintomas de depressão

Confira mais artigos sobre os sintomas da depressão

Nenhum voto, seja o primeiro


Dany Negrao
08/10/13


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook