Terapia gênica vantagens e desvantagens

A terapia gênica promete tratar doenças a partir de alterações no código genético e vem gerando polêmicas que discutem prós e contras.

Ilustração de médicos observando ramificação genéticaA terapia gênica busca tratar problemas de saúde, por meio da transferência de material genético biológico sadio, modificando o genoma de determinadas células-alvo, atribuindo novas “informações” e substituindo os genes causadores de doenças. A terapia altera o fenótipo da célula, deixando-a antigênica, o que provoca uma resposta imunitária do organismo. Os estudos realizados sobre a terapia gênica relacionam-se com o tratamento de doenças como as neoplasias malignas e a AIDS, mas as discussões em torno do método são muitas. Confira:

Vantagens

Filamentos de DNAO tratamento está em estágio de estudos clínicos e laboratoriais, mas mesmo assim, indica oportunidades crescentes. Acredita-se que a terapia gênica poderá se expandir para o tratamento de males cancerígenos, doenças neurológicas, cardiovasculares, do sistema imunológico, problemas oculares, daltonismo, obesidade, calvície, depressão, mal de Parkinson e Alzheimer e outros. Os estudos da terapia gênica são voltados para a melhor maneira de transferir o DNA sadio, o qual poderá ser feita através de injeção direta de DNA, complexo de receptores-ligantes e eletroporação.

                       

Desvantagens

Por ser um tratamento recente com somente uma década de estudos, há uma série de obstáculos para que a mesma seja ser posta em prática. Implica-se principalmente a questão da ética profissional a questão religiosa, que julga contra as leis Divinas a interferência em aspectos tão particulares como ” a identidade celular do ser”. Por outro lado,  um tratamento de alto cunho tecnológico também pode ser direcionado apenas para classes de maior poder aquisitivo. Possíveis danos terríveis a saúde, também são desvantagens já que confere uma alteração jamais vista na essência do código genético .

Por mais que tenham sido feito diversos estudos ainda não se conseguiu encontrar uma cura definitiva para as doenças hereditárias, por isso, espera-se que através da terapia gênica o sofrimento humano diminua, buscando a melhora e a qualidade de vida para todos.

 

Nenhum voto, seja o primeiro


Thaís
23/09/11


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook