A agropecuária brasileira

De suma importância na economia do país, a agropecuária brasileira corresponde às atividades da agricultura e pecuária.

Uma das primeiras atividades econômicas desenvolvidas no Brasil foi à agropecuária, termo que representa as atividades da pecuária e da agricultura. Desde o período de colonização, os portugueses deram início à produção de cana-de-açúcar, em seguida do café, e posteriormente, para povoamento do interior do país a pecuária. Com interesses múltiplos, os portugueses deram origem a um dos setores de maior representatividade do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro, além de ser destaque na geração de empregos, respondendo cerca de 10% de toda população ativa no país.

Mas, para que a agropecuária seja um dos setores de destaque da produção do Brasil há vários fatores que favorecem e auxiliam no aumento deste tipo de produção no país, entre as quais, destacam-se o grande número de população, grandes áreas que propiciam o desenvolvimento de tais atividades rurais, a boa fertilidade do solo e a configuração climática favorável para a agricultura de frutas, legumes, grãos e verduras e criação de animais.

Fatores estes que permitem ao país estar em primeiro lugar como o maior produtor de café, de carne bovina, cana-de-açúcar e laranja; segundo lugar na produção de soja e em terceiro na produção de milho, suínos e equinos, por isso, a agropecuária brasileira merece destaque. Conheça mais sobre a estrutura da agropecuária e dos produtos produzidos no país.

Estrutura da agropecuária brasileira

Com uma estrutura que representa cerca de 5,2 milhões de propriedades rurais, a agricultura brasileira é subdividida em agricultura familiar que representa em média 84% das propriedades rurais, as quais são caracterizadas por pequenas e médias propriedades agrárias e a agricultura não familiar ou patronal que é caracterizada por trabalhadores contratados e fixos que normalmente atuam em médias e grandes propriedades e que representam cerca de 16% das propriedades rurais, porém ocupam mais de 75% do território agropecuário brasileiro.

A agricultura brasileira corresponde a 66,3% da renda total do setor agropecuário do país. O outro leque que a agropecuária brasileira engloba é a pecuária, atividade que responsável pela criação, domesticação, reprodução e venda de animais, entre eles, suínos, bovinos, equinos e aves. Com produção no país inteiro, a pecuária corresponde a 44% das propriedades rurais brasileiras e a 33,7% do faturamento do VBP (Valor Bruto da Produção).

Produtos da agropecuária brasileira

Segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, o Brasil terá um faturamento médio de R$ 416,98 bilhões no ano de 2013, um valor cerca de 9,6% maior que do ano anterior. Entre os produtos produzidos na agricultura brasileira está o arroz, batata, cebola, laranja, tomate, banana, feijão, fumo, milho, soja, cana-de-açúcar e trigo com maior destaque no faturamento anual e algodão e café com menor produção.

Já na área da pecuária os produtos de maior destaque são os suínos e as aves que tiveram um aumento importante nos últimos anos, mas o Brasil destaca-se também na criação de equinos e bovinos, produtos estes de maior importância na agropecuária brasileira, além dos subprodutos fabricados que também tem importância na economia do país, entre eles, os leites e derivados e os ovos.

E, além da produção para abastecimento do mercado interno, o país exporta produtos da agricultura e pecuária, entre eles, soja e derivados, cana de açúcar, café e carne bovina e de aves.

Assista ao vídeo e veja mais informações referentes à agropecuária brasileira.

Veja mais artigos relacionados a agropecuária

16/12/13 por Thaís

   

Mais informações por email

Comentar