Home » Saúde

Câncer de garganta primeiros sintomas

O câncer de garganta representa 2% das doenças malignas e pode prejudicar funções essenciais, se não diagnosticado devidamente. Veja!

Câncer na gargantaO câncer de garganta é aquele causado por células cancerígenas que atingem principalmente as cordas vocais, laringe, orofaringe e várias outras áreas próximas à garganta. O câncer de garganta é também conhecido como câncer de laringe e representa cerca de 2% de todas as doenças malignas.

É um câncer de fácil tratamento, mas deve ser diagnosticado antes que o mesmo cause sérios danos às cordas vocais, a deglutição ou mesmo obstrução das vias de respiração. Deste modo, confira as informações a seguir e também algumas sugestões sobre os primeiros sintomas, como evitá-las entre outras dicas.

Sintomas iniciais

Homem tossindoOs primeiros sintomas a se desenvolver é a rouquidão, que perdura por mais de duas semanas, depois há o aparecimento da dor de garganta que não é curada nem quando o indivíduo toma medicamentos.

Após isso, os sintomas vão se tornando frequentes e entre eles está a dificuldade para engolir, o inchaço da região do pescoço, tosse, tosse com sangue e perda de peso, sons respiratórios fortes e sensação de caroço na garganta. Depois que esse câncer atinge a região da garganta, a mesma se espalha pelos demais órgãos do corpo.

Diagnóstico

Médico com estetoscópioO diagnóstico do câncer de garganta deve ser feito por um especialista da área (otorrinolaringologista), esse exame é feito pela descrição dos principais sintomas e por uma série de exames solicitados como a laringoscopia, tomografia de crânio e uma ressonância magnética de crânio.

Todos os testes são feitos para ajudar a identificar se é câncer e se as células cancerígenas já se espalharam para os gânglios linfáticos, que se localizam próximo a região afetada. Quando diagnosticado já com esse primeiros sintomas, as chances de cura é de aproximadamente 90% dos casos.

Como evitar

Para reduzir as chances de desenvolver um câncer de garganta é recomendado que se evite o tabagismo e a ingestão de álcool em excesso. Além disso, tenha uma dieta sempre equilibrada e saudável.

A causa relacionada ao tabaco é justificada pelas altas concentrações de nitrosaminas que formam a fumaça, que tendem a causar o câncer de garganta tanto em indivíduos fumantes como em não fumantes.

Outra principal causa desse câncer, está relacionada com o vírus VPH (Vírus do Papiloma Humano) transmitido por meio de relações íntimas e representa um grande fator de risco.

O câncer de garganta tem cura! Para isso, o diagnóstico precoce é fundamental para o sucesso no tratamento. Com isso visite seu médico com regularidade e esteja sempre atento aos sinais do seu organismo, pois com a prevenção nos primeiros sintomas o tratamento do câncer pode ser mais rápido.

Quer saber mais sobre o câncer de garganta? Então, assista ao vídeo que segue abaixo.

Publicado por Thaís
Revisado em 02/10/2017

Compartilhar

Receba novidades

  • joyciane

    12/09/17

    Estou preocupada pois faz tempo q estou com um incomodo na gaganta como se fosse uma bola de ar,incomod nas costas arrotos freqüentemente sensação de coração acelerado,ficou só cuspindo uma baba.mi ajude esse sintomas são mas frequentes a noite e vão e volt..
    responder
  • joão victor martins

    27/11/13

    O câncer de garganta, ataca em que idade ?
    responder

Comentar