Como tratar uma gripe

Assim como qualquer outra patologia a gripe merece cuidado e tratamento adequado, por isso, saiba mais como tratar uma gripe.

Comum durante todo o ano, a gripe é mais frequente no outono e inverno, sendo que no Brasil a temporada dos surtos de gripe normalmente acontece entre os meses de abril a outubro, atingindo principalmente indivíduos que apresentam baixas na imunidade ou que não possuem anticorpos específicos para os mais de 200 vírus

Influenza causadores da gripe. Com um quadro clínico bem clássico, a gripe causa uma série de sintomas que se manifestam em menos de 48 horas e entre eles está à dor de garganta, coriza, tosse, febre, mal estar, fraqueza, dor no corpo e na cabeça e nariz entupido.

Mas, após diagnóstico e tratamento para alívio dos sintomas, o paciente já começa a apresentar uma melhora a partir do segundo ao quinto dia após a manifestação dos sintomas e no máximo em duas semanas já se encontra restabelecido. Entre as opções para tratar a gripe estão:

Como tratar uma gripe fraca

O resfriado é conhecido popularmente como uma gripe fraca que normalmente apresenta sintomas menos intensos, entretanto, há diferenças significativas entre a gripe e o resfriado, pois o resfriado é causado por um rinovírus ou coronavírus, por isso, tem sintomas mais localizados como, por exemplo, espirros frequentes, obstrução nasal, coriza, dor de garganta, tosse e rouquidão, podendo também evoluir para um quadro subfebril, ou seja, os sintomas são menos agressivos e causam menos desconforto que a gripe.

Para tratar o resfriado é recomendado aumentar a ingestão de líquidos para manter o corpo bem hidratado e amenizar a dor de garganta e a obstrução nasal, mantenha repouso, pois o organismo combate melhor os vírus se o mesmo estiver em repouso, alimenta-se bem, mesmo estando sem fome ou com fadiga, pois o organismo precisa de combustível para se proteger, evite atividades exaustivas e desgastantes e caso os sintomas estejam desconfortáveis tome um chá ou um banho bem quente que ajudam a limpar a mucosa nasal e relaxar.

Como tratar uma gripe forte

A gripe forte é aquela que causa um grande desconforto e dura no máximo duas semanas, mas que exige um cuidado rigoroso, pois a mesma pode evoluir e causar o aparecimento de outras doenças. Para tratar a gripe o recomendado é um tratamento de suporte, ou seja, o uso de medicamentos que visam à melhora dos sintomas, entre eles, os analgésicos, antitérmicos e anti-histamínicos, os quais devem ser receitados por um médico e tomados na quantidade recomendada e no horário certo.
Além disso, recomenda-se o repouso e a ingestão de líquidos.

Como tratar uma gripe na gravidez

Na gravidez tanto o resfriado como a gripe e qualquer outra patologia merecem atenção especial e muita cautela, pois as gestantes não podem tomar medicamentos, os quais podem passar pela placenta e prejudicar o bebê. Por isso, para tratar a gripe na gravidez é recomendado ficar em repouso absoluto para evitar o cansaço e permitir com que as células do sistema imune trabalhem para expulsar o vírus, beber bastante líquido, principalmente água na forma de sucos de frutas para deixar as secreções mais fluídas e ajudar na expulsão dos vírus e para ajudar a fortalecer as defesas naturais do organismo o organismo é recomendado ingerir alimentos a base de vitamina C, como, por exemplo, laranja, limão, acerola, goiaba, mamão, kiwi, abacaxi e morango.

E, para minimizar os sintomas é indicado o uso de soro fisiológico para aliviar a congestão nasal, chás quentes a base de limão e mel para aliviar a obstrução nasal, gargarejos com água e sal ou spray de mel para aliviar a dor de garganta e para diminuir o estado febril, coloque toalha molhada na testa e axilas.

Em qualquer pessoa a gripe requer tratamento adequado, mas os grupos de risco que podem apresentar sérias complicações merecem cuidado especial, como as crianças menores de dois anos, os idosos com mais de 65 anos, os obesos, os doentes crônicos e os indivíduos mais vulneráveis.

Assista ao vídeo e veja mais dicas de como tratar gripes e resfriados.

10/01/14 por Thaís

   

Mais informações por email

Comentar