Conceitos de pluralismo político

De muita importância na política, o pluralismo político ainda é desconhecido na sociedade. Conheça os conceitos de pluralismo político.

Democracia

Desde sua colonização, o Brasil passou por várias formas de governo, entre elas, destaca-se a monarquia constitucional parlamentar representativa, que marcou o período do Brasil Imperial, onde o país era dominado pelos imperadores D. Pedro I e D. Pedro II. Monarquia esta que durou 58 anos e seu fim foi marcado pelo golpe de Estado liderado por militares com o objetivo de formar uma república, dando origem então a uma nova forma de governo que faz parte do governo brasileiro até hoje, chamada de república democrática presidencialista representativa.

A democracia é um regime de governo onde quem tem o poder de tomar as decisões políticas do país é o povo por meio da eleição de seus representantes, os quais devem fazer parte de algum partido político que têm como função ser um meio de comunicação e contato entre a sociedade e o governo, sendo que sua existência é de extrema importância para a consolidação da democracia. Mas, para que cada partido político pudesse expor suas ideias e opiniões foi-se necessário instituir o pluralismo político, o qual faz parte da Constituição Federal do Brasil. Saiba mais:

Definição de pluralismo político

Liberdade de expressão

Instituído na Constituição Federal de 1988, o pluralismo político faz parte do ordenamento jurídico do Brasil e tem como objetivo assegurar a liberdade de expressão e opinião, o que permite garantir a participação do povo brasileiro na formação da democracia do país. De uma forma mais simples, o pluralismo político refere-se ao direito da existência de vários partidos políticos, denominados de pluripartidarismo ou multipartidarismo, os quais têm direitos proporcionais de fiscalizar e influenciar as decisões políticas, respeitando as diferentes opiniões e ideias, opondo-se à unificação política do poder e assegurando a inserção dos partidos políticos no sistema político brasileiro.

Para que se tenha um país onde a sociedade tenha total liberdade para expor suas opiniões é preciso da criação dos partidos políticos, os quais devem ter uma ideologia e total compromisso com a sociedade e com a política nacional.

A importância do pluralismo político

Urna eletrônica e a bandeira do Brasil em cima

Com o intuito principal de resguardar o pluripartidarismo, o pluralismo político é de fundamental importância para a consolidação da democracia brasileira, pois defende a diversidade de ideias e opiniões, as quais devem ser equilibradas e de interesses da sociedade como um todo, sendo necessária então uma intensa participação do povo na formulação estatal.

Além disso, o pluralismo político é um dos melhores sistemas quando se refere à liberdade de participação da sociedade no governo de seu país, por isso, é de suma importância que o mesmo esteja inserido na constituição do país.

Entretanto, o Brasil sofre com a imensa quantidade de partidos políticos, os quais não possuem uma ideologia e são vistos como partidos de aluguel que servem para facilitar a eleição dos candidatos, ou então, parlamentares que não tem compromisso com a ideologia do partido e com a política nacional e só almejam o poder individual, cenário este que agrava ainda mais a política do Brasil.

Com isto, vê-se a importância do pluralismo político ser restaurado e voltar as suas origens, pois ele nos remete a uma política democrática de liberdade de expressão da sociedade.

Entenda melhor o que significa o pluralismo político nesse vídeo do youtube:

Saiba mais sobre a política:

Revisado em 26/06/2017
Publicado em 19/12/2013 por Thaís

Mais informações por email


Comentar