Home » Comportamento » Cultura

Lampião e Maria Bonita biografia

Uma história resumida dos dois cangaceiros mais conhecidos da história do nordeste do Brasil, que foram Lampião e Maria Bonita.

Lampião e Maria Bonita.Cangaceiro é o nome dado à pessoa envolvida com o cangaço. O cangaço aconteceu nos meados do século XIX até o início do século XX. Sua origem, por questões sociais e fundiárias do nordeste do Brasil, caracterizou-se por ações violentas em fazendas, seqüestros de fazendeiros – os coronéis, bem como assaltos em comboios e armazéns. Os mais famosos deles formaram o casal Lampião e Maria Bonita.

Lampião

Lampião.Lampião, o Virgulino Ferreira da Silva, nasceu em 7 de julho de 1897. Tendo seus pais assassinados, juntou-se aos cangaceiros de Sinhô Pereira para vingar a morte deles. Torna-se líder dos cangaceiros quando Sinhô Pereira aposenta-se do cangaço.

Na Batalha de Mossoró, no Rio Grande do Norte, em 1928, perde seus homens fugindo com apenas cinco deles para a Bahia, reconstruindo o bando. No ano de 1930 conhece Maria Déia Nenén, mulher de um sapateiro. Apaixonam-se e ela abandona o marido, juntando-se ao grupo de Lampião, nascendo então a Maria Bonita do cangaço. Maria Bonita.Dois anos mais tarde nasce sua única filha com Maria Bonita, de nome Expedita. Sem condições de criar a filha pelas constantes perseguições, tem-se que foi criada pelo irmão de Lampião, de nome João, que não era cangaceiro.

Em 28 de abril de 1938, na Fazenda Angicos, em Sergipe, o qual considerava um lugar extremamente seguro, a tropa de elite do Tenente João Bezerra e do Sargento Aniceto Rodrigues da Silva, invadiu o acampamento e liquidou o bando. Alguns fugiram, mas o resto do bando foi morto, incluindo Lampião e Maria Bonita, tendo suas cabeças degoladas. As cabeças foram expostas como prova de morte.

Maria Bonita

Maria Gomes Oliveira nasceu no dia 8 de março de 1911, em Paulo Afonso, na Bahia. Viveu junto aos pais até sua adolescência e mesmo depois de casada resolveu juntar-se a Lampião. Durante oito anos demonstrou força e resistência em todas as dificuldades da vida do cangaço.

Lampião ainda levou a fama de bom, pois mesmo com tantos crimes, conquistou o povo pelas suas façanhas.

Publicado por Adeni
Revisado em 16/09/2017

Compartilhar

Receba novidades

  • eduardo

    02/10/13

    Isso é muito legal para ser apenas uma historia de amor
    responder
  • diana

    22/08/13

    Isso que é uma historia de amor... rsrs
    responder
  • brenda

    08/08/13

    Amei e lindo !!
    responder
  • eduarda

    25/07/13

    é linda demais a historia deles
    responder
  • cristiane inácio

    17/07/13

    A história dos dois realmente é de tirar o folêgo, amei do início ao fim!!!!!
    responder
  • milenabondedajuju

    29/10/12

    Eu amei essa historia deles queria quer a minha vida fosse assim ceia de aventura
    responder
  • nubia_orsi

    24/10/12

    Acheiii mto peqeno podiia ser um pouco maior! fora issuh adoreii!
    responder
  • ligia oliveira dossantos

    28/09/12

    Gostei muito
    responder
  • bia_ssiva

    03/09/12

    Que legal gostei desta biografia
    responder
  • sergio henrique

    10/04/12

    Que falta faz lampião, esses cangaceiros consertavam esse brasil
    responder

Comentar