Sono na gravidez como evitar

Na gravidez as alterações hormonais são responsáveis pelo aumento do sono. Confira dicas de como evitar a sonolência durante o dia.

Mulher grávida com sonoAs alterações do sono que acomete a maioria das mulheres desde o início da gravidez é uma das alterações de mais difícil adaptação, pois o sono se torna intenso no início, mas, em contrapartida, com o avanço do tempo gestacional o sono acaba ficando mais superficial por conta do tamanho da barriga e das idas frequentes ao banheiro. Entre todas as alterações, a do sono é a mais difícil de evitar afinal, a gravidez sobrecarrega o corpo e causa um extremo cansaço, principalmente durante o dia. Essas alterações no sono geram muitas dúvidas nas grávidas, por isso, se você está passando por esta situação e não tem ideia do que fazer, confira informações sobre o sono na gravidez e como evitar:

Sono na gravidez é normal?

Grávida deitadaUma das dúvidas mais frequentes no período da gestação é se o aumento do sono é normal ou não. Vários estudos comprovam que o sono em excesso na gravidez é normal e acontece devido às alterações hormonais recorrentes as mudanças no corpo, o qual terá de ter as condições necessárias para o desenvolvimento do feto durante os nove meses. A diferença é que algumas grávidas sentem mais sono que outras, mas em hipótese alguma, o sono na gravidez é visto como uma patologia que precisa de tratamento e o mais indicado é tentar evitar essas crises de sono.

Causas do sono na gravidez

Grávida dormindoA causa principal do sono na gravidez é o aumento dos níveis do hormônio progesterona que causa sonolência excessiva, indisposição e fadiga, principalmente nos três primeiros meses. Essa sonolência intensa é vista como uma resposta do corpo, o qual precisa ficar em repouso para se preparar para a gravidez, com isso, a gestante fica mais introvertida e se afasta dos demais, passando a evitar os estímulos internos e externos.
Mas, além das causas hormonais, a gestante sofre também do aumento do fluxo sanguíneo, insônia, queimações estomacais, má digestão, azia e dor no corpo que ocasionam em péssimas noites de sono, causando assim a sonolência excessiva durante o dia.

Sono na gravidez quando começa

Gestante dormindoAs crises de sono se iniciam quando os níveis de progesterona se elevam com o intuito de “segurar” a gravidez, por isso, as alterações no sono na gravidez tendem a aparecer entre a primeira e a sexta semana após a fecundação.

Sono na gravidez como controlar

Símbolo de grávida dormindoPara evitar essas ondas de sonolência e controlar o sono é indicado que a gestante mude alguns hábitos e se adapte a nova rotina. Entre as dicas para evitar o sono na gravidez estão: tente tirar uma soneca durante o trabalho, podendo ser no banheiro, no carro, na cozinha ou até mesmo em um lugar de descanso no trabalho, mude sua rotina de sono, ou seja, deite-se antes do horário que estava acostumada e tente dormir de 8 a 10 horas por noite e opte por uma alimentação mais saudável e que lhe dê mais energia para aguentar as tarefas cotidianas como os alimentos integrais, verduras, frutas e carnes vermelhas e tente evitar os alimentos pesados que causam fadiga e indisposição como as comidas gordurosas e doces demais.

Tenha paciência e tente evitar as crises de sono, afinal, elas duram até o terceiro mês de gestação.

22/11/12 por Thaís

   

Mais informações por email

Comentar