Trabalhador sem contribuições poderá se aposentar

O benefício da aposentadoria está disponível a partir da comprovação do tempo de trabalho com as anotações da CTPS ou RAIS.

Carteira de TrabalhoDe acordo com as informações do Conselho de Recursos da Previdência Social, mesmo o empregado que não cumpriu o recolhimento mensal de contribuições à Previdência poderá aposentar-se normalmente, comprovando o tempo de serviço prestado. Conforme abordou o presidente do órgão, Manuel Rodrigues, o trabalhador terá o tempo de trabalho reconhecido, apresentando a Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS, com as devidas anotações de entrada e saída do emprego. Rodrigues também explica que a partir da RAIS – Relação Anual de Informações Sociais também será possível comprovar o tempo de serviço prestado. A Relação, que é vigente desde 1976, deve ser encaminhada anualmente pelos trabalhadores ao Ministério do Trabalho e Emprego. Quem quer somar aos anos de trabalho períodos anteriores a 1976 terá como provar apenas usando a CTPS.

A Previdência e a Justiça

CracháPara o presidente, a resolução é mais uma medida tomada  para resolver  recursos que tramitam envolvendo o INSS. Rodrigues afirma que a Justiça é a primeira opção buscada pelos trabalhadores, no que chamou de cultura do trabalhador brasileiro. “Não estão bem informados sobre as possibilidades de solução, no âmbito administrativo da Previdência Social”. Rodrigues.

O alto custo gerado pelos processos trabalhistas à União também é questão debatida por Rodrigues, assim como a demora na resolução dos processos. De acordo com as informações do presidente do Conselho, 85% dos precatórios pagos todos os anos pelo governo estão relacionados com processos envolvendo o trabalhador brasileiro e a Previdência Social.

Falta de esclarecimentos

Como exemplo da falta de orientação do trabalhador brasileiro, o presidente dá o exemplo do popular caso das empregadas domésticas. Segundo Rodrigues, o número de profissionais da classe que trabalham sem carteira assinada ultrapassa o número de 6 milhões. "Quando chegar a idade de aposentadoria, não terão como provar que trabalharam", diz, chamando a atenção para a obrigatoriedade o registro em carteira.

Revisado em 12/06/2012
Publicado em 02/04/2012 por Jessica

Mais informações por email


Comentários

  • arionioliveira

    03/04/12

    Esse,portal é o maximo, encontrei varias coisas q deseja saber e não sabia onde encontrar.parabens isto é tudo de bom...
    responder

Comentar