Zika Vírus tem cura?

O Zika Vírus é uma doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, o mesmo transmissor da Dengue e Chikungunya. Saiba mais.

Zika Vírus

A doença que vem assustando milhares de futuras mães brasileiras e até mesmo estrangeiras se chama zika vírus. No último ano a doença foi alvo de muitas preocupações e foco de muitas notícias, envolvendo inclusive um alerta para que os casais esperassem para ter seus filhos.

A zika vírus surgiu recentemente no Brasil e pode ter consequências sérias! Entenda tudo sobre ela:

Zika vírus: sintomas

A zika vírus possui alguns sintomas semelhantes ao da dengue e chikungunya. É comum o paciente apresentar febre baixa, além de olhos avermelhados e com coceira. Esses sintomas aparecem e vão embora em até sete dias, não causando tantos problemas como a dengue e a chikungunya, porém as conseqüências são extremamente sérias.

Zika vírus sintomas

No caso de mulheres grávidas que apresentaram os sintomas da zika, o bebê também sofre com a doença – e irá carregar isso pelo resto da vida. A doença está relacionada com dano neurológico permanente, chamado Microcefalia, onde a criança nasce com a cabeça menor do que o comum, afetando o seu desenvolvimento.

Zika vírus: transmissão

A transmissão da zika vírus acontece da mesma forma e pelo mesmo agente transmissor que a dengue a chikungunya, o mosquito Aedes aegypti. Através da picada, o mosquito transmite tanto a zika vírus, a dengue e a chikungunya, além disso ele também pode transmitir mais de uma doença na mesma picada.

Zika vírus transmissão

Por esse motivo, a erradicação desse mosquito é tão importante! A conscientização da limpeza das ruas e quintais é cada vez mais importante! É preciso evitar água parada, mesmo que ela esteja limpa, além de não jogar lixo nas ruas e em terrenos baldios. Todo cuidado é pouco, e cada um precisa fazer a sua parte e acabar de uma vez por todas com o mosquito que oferece tanto risco a população.

Zika vírus: tratamento

O tratamento da zika vírus é semelhante ao da dengue e da chikungunya, e isso envolve repouso e a ingestão de muita água. Apesar dos sintomas serem mais leves que as outras doenças causadas pelo mesmo agente transmissor, o uso de alguns medicamentos é receitado pelos médicos, porém não é permitido tomar nenhum medicamento que contenha o AAS (ácido acetil salicílico), pois os remédios com essa composição podem favorecer a hemorragia.

Médico e paciente

E lembre-se sempre que o principal tratamento é a prevenção, cuide para que o seu quintal e o seu bairro esteja limpo, livre do mosquito causador de tantos problemas. Além disso, evite viajar para regiões onde existe grande riscos de transmissão.

Publicado por Ananda Morales
Revisado em 04/10/2017

Compartilhar

Comentar com Facebook

Receba novidades

Comentar